Page 26

A Defesa de Portugal 2015

26 lizadas cuja relevância social suscita a ação de entidades locais ou regionais nas suas esferas de responsabilidade (câmaras municipais, secretarias regionais, etc.). A presença institucional no Dia da Defesa Nacional pode revestir, ainda, a forma de apoios em vários domínios sem que tal implique a sua presença no programa de atividades. Com efeito, o estabelecimento de parcerias com câmaras municipais, secretarias regionais e estabelecimentos de ensino, através de múltiplas ações de apoio, concessão de facilidades operacionais e logísticas, é possível e desejável, como tem sido constatado no terreno. Foi neste contexto que se conseguiu viabilizar a realização do Dia da Defesa Nacional no Algarve e em todas as ilhas dos Açores e da Madeira, situação a ter continuidade no futuro noutras regiões. Assim, em 2014, o MDN formalizou 19 parcerias institucionais no âmbito das atividades do DDN. A redução dos encargos financeiros que este novo modelo tem permitido irá prosseguir nos próximos anos, tendo como principais medidas estruturantes: • A aposta na Modernização Tecnológica, com a consequente simplificação de procedimentos e desmaterialização de processos; • A continuação do alargamento da rede de locais ALARGAMENTO DE REDES LOCAIS


A Defesa de Portugal 2015
To see the actual publication please follow the link above