Page 250

A Defesa de Portugal 2015

250 AÇÕES DAS EQUIPAS DE DEFESA NUCLEAR, RADIOLÓGICA, BIOLÓGICA E QUÍMICA NA RESPOSTA OPERACIONAL DE COMBATE AO VÍRUS ÉBOLA O Ébola é um agente da família das febres hemorrágicas, tratando-se de um vírus de fácil disseminação e elevada mortalidade, sendo classificado como agente de Bioterrorismo classe A (Centers for Disease Control and Prevention (CDC) Atlanta). Neste contexto, constitui um dos elementos de estudo, vigilância e controlo para o elemento de Defesa Biológica, Química e Radiológica da área da saúde. No contexto do surto de doença por vírus Ébola de 2014, o Hospital das Forças Armadas participou com recursos humanos da unidade de Infeciologia, como consultora técnica, nas reuniões do Estado-Maior-General das Forças Armadas. Mantendo o contacto com as instituições internacionais foram desenvolvidas medidas de vigilância do surto. Foi disseminada informação e instituídos procedimentos no sentido de informar sobre a doença, prevenir o contágio e atuar perante casos suspeitos de infeção, de forma a limitar o impacto do surto a nível nacional e a sua disseminação no âmbito de agente de bioterrorismo.


A Defesa de Portugal 2015
To see the actual publication please follow the link above