Page 193

A Defesa de Portugal 2015

A DEFESA DE PORTUGAL 2015 / Economia de Defesa 193 SISTEMA DE TREINO, DEMONSTRAÇÃO E DESENVOLVIMENTO DE CONCEITOS DE OPERAÇÃO COM MÚLTIPLOS VEÍCULOS SUBMARINOS AUTÓNOMOS (SEACON) Este projeto decorreu entre a Marinha Portuguesa (MP) e a Faculdade de Engenharia do Porto, entre 2008 e 2010. O sucesso e o interesse alcançado, comprovado pela participação em diversos exercícios nacionais e internacionais, foi tal que se firmou um protocolo entre a MP e a Universidade do Porto para uma segunda fase deste projeto com o objetivo de desenvolver os conceitos e tecnologias a aplicar a este sistema, numa perspetiva da utilização de AUS como meios operacionais da Marinha, numa parceria entre a MP e a FEUP. Realce-se que este é um sistema que atualmente está a ser utilizado operacionalmente nas missões da MP e que, através da Universidade do Porto, se tem conseguido realizar uma efetiva transferência de tecnologia para entidades da BTID cujo sucesso já permitiu a sua exportação para mercados externos. SISTEMA AUTÓNOMO DE DESMINAGEM (AMI-02) Este projeto visa a construção e a implementação de um protótipo de robô móvel totalmente autónomo com capacidades adicionais para detetar e marcar minas terrestres para a redução e limpeza da área. Além disso, este projeto abrangeu ainda a produção de um roadmap com as orientações para o desenvolvimento futuro de veículos terrestres não-tripulados com tecnologia de desminagem. O projeto AMI-02, desenvolvido pela empresa Introsys em estreita colaboração com o Exército Português permitiu à empresa expandir o seu know-how e realizar novas melhorias aplicadas em diversas outras áreas de duplo-uso. SISTEMA DE MONITORIZAÇÃO OPERACIONAL DE CORRENTES COSTEIRAS (SIMOC) Este projeto decorreu entre 2009 e 2012, e teve por objetivo monitorizar as zonas adjacentes às áreas definidas como de interesse no que respeita a correntes superficiais e agitação marítima. Essas observações permitiram o desenvolvimento dos diferentes modelos de assimilação e de deriva de poluição, bem como a aplicação desses mesmos resultados na gestão portuária, segurança da navegação, ações SAR e de combate à poluição. Este projeto foi totalmente desenvolvido pelo Instituto Hidrográfico e os seus objetivos alinham-se com a concretização da estratégia nacional para o mar, usando uma tecnologia já em teste em diversos países europeus. A segunda fase deste projeto, com a expansão da instalação do sistema ao longo de toda a costa nacional e ibérica, e o desenvolvimento de novos algoritmos de análise de dados são um objetivo a curto prazo, e as possibilidades da sua expansão para países dos PALOP é já uma forte possibilidade demonstrada pelo grande interesse que cativou junto de representantes que já tomaram contacto com o sistema.


A Defesa de Portugal 2015
To see the actual publication please follow the link above