Page 131

A Defesa de Portugal 2015

A DEFESA DE PORTUGAL 2015 / As Forças Armadas Portuguesas 131 TREINO E EXERCÍCIOS No cumprimento das suas competências de aprontar e manter os meios e forças do Sistema de Forças, a Força Aérea promove e participa, com os outros Ramos e com forças armadas de países aliados e amigos, num vasto programa de exercícios conjuntos ou combinados. Pela sua importância, realçam-se os seguintes exercícios: EM TERRITÓRIO NACIONAL Real Thaw – Este exercício tem como finalidade permitir que as forças participantes treinem e se qualifiquem em cenários exigentes, idênticos aos dos atuais teatros de operações, bem como aumentar a interoperabilidade entre as mesmas e certificar a Componente Aérea do Sistema de Forças Nacional. Anualmente, participam diversas forças de países aliados e amigos. Em 1987, 1996 e 2002, a Força Aérea realizou o exercício NATO Tiger Meet (NTM), no Montijo e os dois últimos em Beja, um dos grandes exercícios da OTAN, com a participação de inúmeros meios aéreos. Estes exercícios contaram igualmente com a realização de um festival aéreo, abrindo a atividade aérea ao público. Na vertente da Busca e Salvamento e Evacuações Sanitárias, a Força Aérea tem promovido diversos exercícios no continente e nas regiões autónomas dos Açores e da Madeira, como forma de manter um elevado estado de prontidão dos seus meios, bem como exercitar a coordenação com a Marinha e com os meios da ANPC e do SNS - Exercício AÇOR, ASAREX, FIRESAREX, GAIVOTA, CANÁRIO e MORSA (aeronaves participantes SA-330 Puma, C-212, EH-101, C-295 e P-3).


A Defesa de Portugal 2015
To see the actual publication please follow the link above