Page 105

A Defesa de Portugal 2015

A DEFESA DE PORTUGAL 2015 / As Forças Armadas Portuguesas 105 EXERCÍCIOS SETORIAIS No âmbito dos Exercícios sectoriais, ao nível do exército, destaca-se o exercício ORION, que tem por finalidade exercitar e testar as capacidades da componente operacional do sistema de forças na resposta a todo o espectro das operações terrestres. A este nível destacam-se ainda os exercícios CELULEX, CIBER PERSEU, EFICÁCIA, e RELÂMPAGO, respectivamente no âmbito do Elemento de Defesa NBQR, da Ciberdefesa, do apoio de fogos e da artilharia antiaérea e conduzidos na modalidade LIVEX. Ao nível das Brigadas, destacam-se os exercícios ROSA BRAVA, DRAGÃO e APOLO, conduzidos respectivamente pela Brigada Mecanizada, Brigada de Intervenção e Brigada de Reação Rápida, com a finalidade de praticar o planeamento, o controlo e a conduta de operações táticas associadas ao quadro de missões e tarefas possíveis de serem desempenhadas por estas Brigadas. Ao nível das Zonas Militares destacam-se, na Zona Militar dos Açores, os exercícios CACHALOTE e METROSIDERO/PRIOLO, com a finalidade de treinar, respectivamente, os seus meios operacionais no âmbito da Proteção Civil e os encargos operacionais na condução de operações táticas, incluindo a execução de fogos reais. Na Zona Militar da Madeira destacam-se os exercícios GOLFINHO, GARAJAU e PEDRA VIVA, no âmbito, respectivamente, do treino dos encargos operacionais na condução de operações táticas, no exercitar dos planos de emergência, de segurança e defesa das U/E/O e na execução de fogos reais.


A Defesa de Portugal 2015
To see the actual publication please follow the link above