Saltar para o conteúdo principal
HOME
ATUALIDADE
MULTIMÉDIA
LIGAÇÕES
RESERVADO
INSTITUCIONAL
Força Aérea já cumpriu mais três missões de intercepção de aeronaves em 2012 
 
 
Em 2012 já foram efectuadas quatro missões de intercepção de aeronaves pela Força Aérea Portuguesa.
   

Os aviões F-16 da Força Aérea Portuguesa já cumpriram, em 2012, mais três missões semelhantes àquela em que interceptaram, no domingo, uma aeronave ligeira, de dois lugares na região da Guarda.

Recorde-se que a Força Aérea Portuguesa foi alertada pelas autoridades espanholas que tinham acompanhado a aeronave ligeira a partir das imediações do Golfo de Cádiz, no extremo sul do país, até à zona de fronteira com Portugal, tendo abandonado a missão, por falta de combustível.

Os pilotos portugueses saíram pelas 6h18 ao encontro do avião não identificado com o qual tiveram contacto visual e por radar. A tipologia da aeronave e do voo em causa afastaram desde logo a possibilidade de ameaça, indicando que pudesse tratar-se de transporte de droga. 

O facto de sobrevoar a uma velocidade muito inferior à de um avião F-16 e em voo muito rasante fez perder esse contacto havendo, igualmente, a suspeita que aeronave possa ter aterrado, num dos vários locais da região que permitem a aterragem de aeronaves. Por esse motivo foi notificada a GNR para tentar averiguar a situação no terreno.

Durante o ano de 2011 a Força Aérea realizou uma missão real de defesa aérea e 47 de treino. Até 30 de setembro, já treinou esta situação 31 vezes.

Atualizado em: 11-12-2012 15:47 
QUEM SOMOS CONTACTOS MAPA DO SITIO
Desenvolvido por ATASA, Centro de Dados da Defesa/SG/MDN @ 2012 Defesa Nacional - Optimizado para Internet Explorer