Saltar para o conteúdo principal
HOME
ATUALIDADE
MULTIMÉDIA
LIGAÇÕES
RESERVADO
INSTITUCIONAL
Lançada a STARTUP DEFESA ALFEITE 
 
 
José Pedro Aguiar-Branco visitou o Arsenal do Alfeite e presidiu à cerimónia de lançamento da STARTUP DEFESA ALFEITE.
 

O ministro da Defesa Nacional, José Pedro Aguiar-Branco, presidiu à cerimónia de lançamento da STARTUP DEFESA ALFEITE, realizada na Sala do Risco, no Arsenal do Alfeite.

Durante a sua intervenção, José Pedro Aguiar-Branco, sublinhou a importância do projeto que “é uma realidade que está muito para lá dos dias de hoje” e dá-nos “uma linha de rumo, uma orientação vinculativa para dar esperança, dar confiança e justificar os investimentos que são necessários fazer, tendo em vista o benefício de todos”.

O ministro da Defesa Nacional apontou os vectores fundamentais desta Plataforma Naval Global, “o combate ao desperdício” que custa muito dinheiro, “satisfazer as necessidades da Marinha Portuguesa” mantendo os seus navios operacionais e aproveitando o potencial de recursos humanos existentes, “a criação de um Centro de Competência Navais” que possa explorar as sinergias "entre as entidades do sistema nacional de investigação, inovação e as empresas públicas e privadas”, de modo a criar um “espaço que se deseja de excelência e de incubação de novas actividades”.

José Pedro Aguiar-Branco anunciou ainda que “como alcançámos resultados mais positivos do ponto de vista financeiro vão ser transferidos para o Arsenal do Alfeite 3,2 milhões de Euros” para início do reembolso das verbas (17 milhões de Euros) que o Arsenal foi obrigado a transferir para os Estaleiros Navais de Viana do Castelo” numa operação de “cash-pulling”, na anterior legislatura.

“Estão criadas condições para que o Arsenal possa reiniciar investimentos, se possa tornar mais moderno e competitivo e tenha mais recursos humanos para desenvolver a sua atividade” e com isso “já houve a autorização para a contratação de mais 63 trabalhadores”, anunciou o governante.

O professor Augusto Mateus, que liderou o estudo de restruturação do Arsenal do Alfeite, fez, no seu discurso, o enquadramento da visão global que o Governo acabou por adoptar, a implementação da Plataforma Naval Global, que pretende criar no Arsenal do Alfeite um polo de manutenção e reparação naval, militar e civil, com a separação da gestão da área de operação e Infraestrutura, de modo a poder ser utilizada por outros operadores.

Augusto Mateus referiu, na ocasião que esta é uma restruturação ”com um contexto muito mais vasto que o próprio Arsenal” e que levou à ideia da criação da “Plataforma Naval Global”, numa visão alargada a nível ”europeu e mundial”, tal como a “missão da Marinha Portuguesa”.

A Start-UP de Defesa tem como objectivo apoiar a criação de novos projectos de inovação e desenvolvimento, a criação de empresas de âmbito tecnológico, juntamente com o Centro de Excelência e Conhecimento Científico, em parceria com as Forças Armadas.

O projecto destina-se a jovens empreendedores e e ex-militares em regime de contrato e visa o desenvolvimento de uma rede de “start-ups” de defesa, através da promoção do potencial humano das Forças Armadas e do potencial Industrial e Tecnológico da Defesa, bem como o potenciamento da Base Tecnológica e Industrial da Defesa (BTID).

Desta forma promove-se o desenvolvimento e resiliência da BTID e contribui-se para o aproveitamento do capital humano oriundo das Forças Armadas através do desenvolvimento de um Centro de capacitação de ideias inovadoras de negócio de matriz industrial e tecnológica, designadamente de projectos empresariais- a start-up Defesa Alfeite, no âmbito da Economia de Defesa do Mar.

Na ocasião foi também levada a cabo a assinatura do Acordo Técnico de Implementação da Start-up Defesa Alfeite, entre a Direção Geral de Recursos da Defesa Nacional, o Arsenal do Alfeite e a idD Portugal que, dispondo o Arsenal do Alfeite de capacidade técnica especializada assinalável e de instalações na sua área de concessão que permitem, com o apoio da idD e da Direção Geral dos recursos da Defesa Nacional, concretizar o programa “Start-up Defesa”.  

Atualizado em: 21-09-2015 15:58 
QUEM SOMOS CONTACTOS MAPA DO SITIO
Desenvolvido por ATASA, Centro de Dados da Defesa/SG/MDN @ 2012 Defesa Nacional - Optimizado para Internet Explorer