Saltar para o conteúdo principal
HOME
ATUALIDADE
MULTIMÉDIA
LIGAÇÕES
RESERVADO
INSTITUCIONAL
Berta Cabral inaugura monumento ao Combatente em Ribeirão 
 
 
O tributo da Vila minhota é, além de um reconhecimento para todos os Combatentes e para as suas famílias, um “permanente reavivar da memória, para que tenhamos consciência da necessidade de evitar a guerra”, considerou a governante.
 

A Secretária de Estado Adjunta e da Defesa Nacional afirmou que “é inspirados no testemunho daqueles que já deram tudo pela Pátria que mais facilmente encontraremos motivação” para vencer os grandes desafios com que o nosso país se debate.

Falando durante a inauguração do Monumento em Homenagem às Mães e todos os Combatentes da Guerra do Ultramar, na Vila de Ribeirão (Vila Nova de Famalicão), este domingo, Berta Cabral disse estar a participar num ato, acima de tudo, de “reconhecimento para todos os Combatentes e para as suas Famílias, que recebem uma justíssima homenagem, um tributo ao esforço e ao sacrifício de quem defendeu a Pátria até ao limite da sua própria vida”.

Na ocasião, Berta Cabral recordou os ex-combatentes que “permanecem com traumas que merecem a nossa especial atenção” e acrescentou ter sido por esta razão que o Ministério da Defesa Nacional impôs “maior celeridade na resolução dos processos pendentes de qualificação como Deficientes das Forças Armadas, em particular dos que sofrem de Perturbação Pós-Stress Traumático de Guerra”.

A Secretária de Estado Adjunta e da Defesa Nacional frisou também que o “monumento não apaga a dor dos combatentes e das suas famílias mas é um permanente reavivar da memória de todos, para que tenhamos consciência da necessidade imperiosa de evitar a guerra. É essencial que – sobretudo as jovens gerações que, felizmente, têm sido poupadas deste sofrimento – percebam a necessidade de investir na paz.”

O Monumento em Homenagem às Mães e a todos os Combatentes da Guerra do Ultramar, da autoria do presidente do Núcleo da Liga dos Combatentes da Liga de Ribeirão, José Ferreira dos Santos, do arquiteto Eduardo Varandas dos Santos e do mestre escultor Salvador Vieira, ficou instalado no Souto de Santa Ana, junto à sede do Núcleo.

Na cerimónia de inauguração, perante centenas de ex-combatentes e familiares, participaram o presidente da Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão, Paulo Cunha, o presidente da Liga dos Combatentes, Tenente-general Chito Rodrigues, e o presidente da Junta de Freguesia de Ribeirão, Adelino dos Santos Oliveira, além de outras autoridades civis, religiosas e militares.

DISCURSO DA SECRETÁRIA DE ESTADO ADJUNTA E DA DEFESA NACIONAL

 

Atualizado em: 04-06-2014 10:39 
QUEM SOMOS CONTACTOS MAPA DO SITIO
Desenvolvido por ATASA, Centro de Dados da Defesa/SG/MDN @ 2012 Defesa Nacional - Optimizado para Internet Explorer