Saltar para o conteúdo principal
HOME
ATUALIDADE
MULTIMÉDIA
LIGAÇÕES
RESERVADO
INSTITUCIONAL
Mafra é um bom exemplo de “ultrapassar as dificuldades” num momento crítico 
 
 
Foi hoje assinado, um protocolo entre o Ministério da Defesa Nacional e a Camara Municipal de Mafra, para aumentar as capacidades de parqueamento junto ao Palácio de Mafra.
 

O ministro da Defesa Nacional, José Pedro Aguiar-Branco, afirmou que a atual Escola das Armas, em Mafra, é um “bom exemplo que o Exército deu num momento crítico de ajudar no interesse nacional a ultrapassar as dificuldades” e contribuir para “uma nova mentalidade” no Ramo, permitindo, numa lógica mais integrada, “aproveitar melhor os recursos que queremos, quer de natureza material, quer de natureza humana”.

José Pedro Aguiar-Branco falava na cerimónia de assinatura de um protocolo entre o Ministério da Defesa Nacional e a Câmara Municipal de Mafra, destinado a aumentar a capacidade de parqueamento junto ao Convento.

Relembrando que a Reforma no setor da Defesa não foi “fácil”, mas que contou com o contributo da “estrutura do Exército e dos chefes militares”, Aguiar-Branco referiu que “mais uma vez, as Forças Armadas, em geral e o Exército, em particular, deram um exemplo de sentido de serviço pelo interesse nacional, ao tomarem as medidas que visavam a racionalização dos meios, não perdendo a eficácia e aquilo que se espera, que é uma capacidade operacional reforçada”.

Relativamente à Reforma 2020, desenvolvida nos últimos quatro anos, o ministro da Defesa Nacional relembrou que a mesma “visou criar, num cenário de grande dificuldade, umas forças armadas sustentáveis”. Esta Reforma, mais “estrutural” do que “circunstancial”, incluiu entre outras coisas, a revisão da Lei da Programação Militar e do Estatuto dos Militares das Forças Armadas e, ao aumentar a sua capacidade operacional, permite que Portugal continue a orgulhar-se das suas Forças Armadas e desta interação com as autarquias.

O Presidente da Câmara Municipal de Mafra, Hélder António Guerra de Sousa Silva, destacou, na sua intervenção, “a histórica ligação, de mais de dois séculos, entre o Concelho de Mafra e o Exército Português” e que tem vindo a ser consolidada “com o novo paradigma de cooperação”, não se esgotando “no domínio exclusivo da Defesa Nacional”.

A “preservação do Património”, a “promoção da cultura musical”, a “divulgação da arte equestre e do desporto”, a “sensibilização ambiental”, a “proteção civil”, são apenas algumas das áreas de colaboração entre a autarquia e aquele Ramo das Forças Armadas.

Relativamente ao protocolo, agora celebrado, Hélder de Sousa Silva afirmou que o mesmo permitirá “aumentar as capacidades do parqueamento público”, de forma gratuita, “na envolvente do Palácio Nacional de Mafra”.

Esta melhoria das condições de acessibilidade, enquanto futuro parque intermodal”, constitui, conforme refere, “um contributo positivo para a candidatura do conjunto formado pelo Palácio, Convento e Tapada, a Património Mundial da Unesco”.

A cerimónia ficou ainda marcada pela imposição de Condecoração da Medalha da Defesa Nacional ao presidente da Câmara.

Atualizado em: 02-03-2015 10:25 
QUEM SOMOS CONTACTOS MAPA DO SITIO
Desenvolvido por ATASA, Centro de Dados da Defesa/SG/MDN @ 2012 Defesa Nacional - Optimizado para Internet Explorer