Saltar para o conteúdo principal
HOME
ATUALIDADE
MULTIMÉDIA
LIGAÇÕES
RESERVADO
INSTITUCIONAL
NRP Viana do Castelo resgata mais de duas centenas de pessoas 
 
 
No âmbito da Operação “TRITON 2014” da Agência FRONTEX, foi solicitada a participação de um navio português numa ação de salvamento marítimo.
 

O Navio da República Portuguesa (NRP) Viana do Castelo, que se encontra em patrulha ao largo da ilha italiana de Lampedusa, a sul da Sicília, foi solicitado, na passada sexta-feira, dia 14, a proceder ao salvamento marítimo de cerca de duzentas pessoas a bordo de uma embarcação de madeira, a 45 milhas a noroeste de Tripoli, capital da Líbia.

A ação foi coordenada pelo Centro Coordenador de Busca e Salvamento Marítimo de Roma e pelo Centro Coordenador Internacional da Agência FRONTEX, em Roma.

Durante este mesmo dia foram registados vários pedidos de ajuda às autoridades italianas, tendo sido dedicados diversos meios militares e civis a esta situação.

A Marinha Portuguesa recolheu um total de 201 pessoas provenientes da Líbia, e de vários países de África.

Muitos dos náufragos encontravam-se com sinais de pré-hipotermia, desidratados e com fome, tendo-lhes sido prestados cuidados médicos primários e distribuída água, bebidas quentes, comida, cobertores e abrigo.

A operação de salvamento foi dada como terminada cerca das 22h00 (horas locais), tendo de seguida o patrulha oceânico Viana do Castelo ido ao encontro do navio da Marinha Italiana “San Giorgio”, que recebeu todas as pessoas para posteriormente os desembarcar em terra.

O NRP Viana do Castelo permanecerá na área de patrulha disponível para outras ações de salvamento, a sua participação nesta operação decorrerá até ao dia 30 de novembro.

Atualizado em: 17-11-2014 12:57 
QUEM SOMOS CONTACTOS MAPA DO SITIO
Desenvolvido por ATASA, Centro de Dados da Defesa/SG/MDN @ 2012 Defesa Nacional - Optimizado para Internet Explorer