Saltar para o conteúdo principal
HOME
ATUALIDADE
MULTIMÉDIA
LIGAÇÕES
RESERVADO
INSTITUCIONAL
Aprovado o Conceito Estratégico de Defesa Nacional 
 
 
Uma das prioridades é a aposta na intervenção internacional, sendo este um factor de projeção e prestígio de Portugal e das Forças Armadas.

 

O Ministro da Defesa Nacional afirmou que o novo Conceito Estratégico de Defesa Nacional (CEDN), aprovado em reunião de Conselho de Ministros, define como uma das suas prioridades a consolidação de Portugal como “coprodutor de segurança internacional em cenários de forças internacionais destacadas.”

Para reforçar esta “dimensão estratégica”, José Pedro Aguiar-Branco destacou a importância da “dimensão orçamental”, que já este ano reflectiu um reforço financeiro. “Este ano conseguiu-se um reforço de verba na ordem dos dois milhões de euros. Sendo o ano passado de 52 milhões, este ano fizemos um ajustamento para cima, para os 54 milhões. Isto significa a prioridade que se dá à dimensão operacional da intervenção das Forças Armadas”, concluiu o ministro.

O Ministro da Defesa Nacional frisou ainda que este novo CEDN agora aprovado, pretendeu ser o mais abrangente possível, sublinhando que “é um trabalho de todos, não é um trabalho só do governo, é um trabalho que merece a aprovação generalizada dos órgãos que tiveram de se pronunciar sobre o mesmo”.

DECLARAÇÕES

 

Atualizado em: 22-03-2013 12:37 
QUEM SOMOS CONTACTOS MAPA DO SITIO
Desenvolvido por ATASA, Centro de Dados da Defesa/SG/MDN @ 2012 Defesa Nacional - Optimizado para Internet Explorer