Saltar para o conteúdo principal
HOME
ATUALIDADE
MULTIMÉDIA
LIGAÇÕES
RESERVADO
INSTITUCIONAL
Reforma da Saúde Militar torna possível desafetação de infraestruturas obsoletas 
 
 
Despacho assinado por José Pedro Aguiar-Branco liberta infraestruturas militares excendentárias para usos alternativos.

A criação do Hospital das Forças Armadas, que visa assegurar a prestação de cuidados de saúde de excelência, permitiu também assegurar a eficiência e otimização dos recursos, humanos, logísticos e financeiros, disponíveis.

As unidades hospitalares “consideradas excedentárias e disponíveis” serão desativadas até ao final de 2013, o que permitiu ao Ministro da Defesa Nacional solicitar à Direcção-Geral de Armamento e Infraestruturas de Defesa a avaliação dos imóveis em questão tendo por objetivo a “maximização da rentabilização dos mesmos”.

A Direcção-Geral de Armamento e Infraestruturas de Defesa levará a cabo estudos de modo a avaliar os imóveis e “potenciais usos alternativos”.

Atualizado em: 06-06-2013 14:08 
QUEM SOMOS CONTACTOS MAPA DO SITIO
Desenvolvido por ATASA, Centro de Dados da Defesa/SG/MDN @ 2012 Defesa Nacional - Optimizado para Internet Explorer