Saltar para o conteúdo principal
HOME
ATUALIDADE
MULTIMÉDIA
LIGAÇÕES
RESERVADO
INSTITUCIONAL
“Álvares Cabral” partiu hoje para integrar a Operação ATALANTA, como navio-almirante 
 
 
Aguiar-Branco foi a bordo desejar a toda a guarnição uma boa missão e enalteceu a sua importância para o prestígio nacional.
 

A fragata “Álvares Cabral” largou hoje da Base Naval de Lisboa rumo ao Oceano Índico, onde irá combater a pirataria e assegurar protecção aos navios que transportam ajuda humanitária para a Somália.

A fragata portuguesa será o navio-almirante de uma força naval da União Europeia, sendo esta a segunda vez que Portugal assume a responsabilidade de comandar uma Força Naval da UE.

O Ministro da Defesa Nacional, acompanhado pelo Chefe de Estado-Maior General das Forças Armadas e pelo Chefe de Estado-Maior da Armada, deslocou-se ao Alfeite onde, já no interior do navio, se dirigiu a toda a guarnição, salientado a importância daquela operação para o prestígio do país.

José Pedro Aguiar-Branco sublinhou ainda que esta missão reflecte bem a importância dada à participação das Forças Armadas em operações internacionais, prioridade essa que ficou bem expressa no novo Conceito Estratégico de Defesa Nacional, agora aprovado em reunião do Conselho de Ministros.

VIDEO

 

Atualizado em: 21-03-2013 19:22 
QUEM SOMOS CONTACTOS MAPA DO SITIO
Desenvolvido por ATASA, Centro de Dados da Defesa/SG/MDN @ 2012 Defesa Nacional - Optimizado para Internet Explorer