Saltar para o conteúdo principal
HOME
ATUALIDADE
MULTIMÉDIA
LIGAÇÕES
RESERVADO
INSTITUCIONAL
Ministério da Defesa Nacional | Comunicado 12 de abril 
 
 
O Ministério da Defesa Nacional emite um Comunicado na sequência de notícias hoje publicadas relativas ao regime de passagem à reforma dos militares, dos quadros permanentes das Forças Armadas.

COMUNICADO

Na sequência das notícias publicadas, hoje, relativas ao regime de passagem à reforma dos militares, dos quadros permanentes das Forças Armadas, o Ministério da Defesa Nacional informa:

- O governo não introduziu qualquer norma excecional no regime de transição para a reforma consagrada pelo novo Estatuto dos Militares das Forças Armadas (EMFAR) relativamente ao regime atualmente aplicável aos militares;

- Pelo contrário, desde 1993 tem-se verificado uma efetiva convergência entre o regime de pensões aplicável aos militares das Forças Armadas e os regimes de pensões da função pública e da segurança social;

- Neste âmbito, o novo EMFAR garante os 60 anos como a idade mínima para a passagem à reforma, situação que não era ainda aplicável a todos os militares, que em determinadas circunstâncias, podiam transitar para a reforma antes desta idade;

- Adicionalmente, o novo EMFAR aumenta a idade para a passagem obrigatória à reforma dos 65 para os 66 anos de idade, o que permitirá prolongar as carreiras dos militares, designadamente dos militares na reserva na efetividade de serviço.

 

O Gabinete do Ministro da Defesa Nacional

Lisboa, 12 de abril de 2015

Atualizado em: 15-04-2015 11:09 
QUEM SOMOS CONTACTOS MAPA DO SITIO
Desenvolvido por ATASA, Centro de Dados da Defesa/SG/MDN @ 2012 Defesa Nacional - Optimizado para Internet Explorer