Saltar para o conteúdo principal
HOME
ATUALIDADE
MULTIMÉDIA
LIGAÇÕES
RESERVADO
INSTITUCIONAL
Aguiar-Branco encerra em Famalicão a rota das industrias da defesa 
 
 
O Ministro da Defesa Nacional visitou, na sexta-feira, a RIOPELE, o CITEVE e o CENTI, unidades que desenvolvem atividade no sector textil, com forte componente exportadora e cuja qualidade é internacionalmente reconhecida.
 

O Ministro da Defesa Nacional encerrou, em Famalicão, um conjunto de visitas a empresas e entidades integrantes da Base Tecnológica e Industrial para a Defesa (BTID), com vista à divulgação dos projetos desenvolvidos em Portugal.

José Pedro Aguiar-Branco visitou, durante cerca de um mês, diversas entidades da BTID que operam nas mais variadas áreas e setores. Dos moldes à aeronáutica, das tecnologias de informação aos texteis, pequenas e medias empresas a centros tecnológicos de referência internacional. Um traço comum em todas as visitas e que foi destacado pelo Ministro da Defesa Nacional é o facto de “termos projetos vencedores” na indústria portuguesa, que contribuem para a “dimensão exportadora” da nossa economia.

Esta sexta-feira, José Pedro Aguiar-Branco visitou três entidades ligadas ao setor textil, que detêm competências nas áreas de investigação, desenvolvimento e produção de texteis e cujo o trabalho é reconhecido além fronteiras. A visita iniciou-se numa unidade fabril da RIOPELE, dedicada à fase final de acabamentos de produto, e terminou nos centros tecnológicos CITEVE e CENTI.

Para o Ministro da Defesa Nacional, esta é uma área "menos conhecida das indústrias da defesa" mas com uma enorme capacidade exportadora o que demonstra o seu "potencial de criatividade e de competência dos têxteis portugueses".

Atualizado em: 21-10-2013 19:49 
QUEM SOMOS CONTACTOS MAPA DO SITIO
Desenvolvido por ATASA, Centro de Dados da Defesa/SG/MDN @ 2012 Defesa Nacional - Optimizado para Internet Explorer