Saltar para o conteúdo principal
HOME
ATUALIDADE
MULTIMÉDIA
LIGAÇÕES
RESERVADO
INSTITUCIONAL
Ministro da Defesa Nacional recebeu alunos bolseiros dos PLOP 
 
 
A recepção decorreu na Fortaleza de S. Julião da Barra, em Oeiras e contou com a presença dos alunos bolseiros dos Paises Africanos de Lingua Portuguesa e de Timor-Leste.
 

O Ministro da Defesa Nacional, José Pedro Aguiar-Branco recebeu, esta tarde, os alunos bolseiros dos Países de Língua Oficial Portuguesa (PLOP), na Fortaleza de São Julião da Barra, em Oeiras, que estão em Portugal a frequentar os Estabelecimentos Militares de Ensino.

Na recepção, de entre outras Entidades Civis e Militares, esteve também presente o Secretário de Estados dos Negócios Estrangeiros e da Cooperação, Luís Campos Ferreira que, durante a sua intervenção, referiu que a língua comum entre estes países “revela-se estratégica e economicamente relevante” no aprofundamento das “relações comerciais”.

Para o Secretário de Estado, “a Cooperação Técnico-Militar (CTM) tem sido uma vertente essencial da nossa cooperação entre todos os países parceiros dos PALOP e de Timor-Leste”, e “os resultados alcançados pelos diversos projetos inseridos nos programas quadro demonstram a grande importância e alcance dos mesmos”.

Luís Campos Ferreira afirmou ainda que “a CTM portuguesa ultrapassa o quadro estritamente militar” e contribui “igualmente para a segurança e estabilidade política e para o desenvolvimento económico e social destes países”.

O ministro da Defesa Nacional, por sua vez, relembrou que as relações entre Estados movem-se não só por “interesses legítimos” como também pela “confiança” entre os povos, o que contribui para a “definição de objetivos comuns” como seja o “bem-estar” entre eles.

Considerando que “a maior infraestrutura que temos são os nossos jovens e as futuras gerações”, José Pedro Aguiar-Branco referiu que é “estratégia” do Governo continuar a receber e a “acarinhar os novos bolseiros”, pois serão eles “amanhã, os condutores dos nossos países”.

Antes de terminar, o ministro da Defesa Nacional dirigiu-se aos bolseiros, recomendando-lhes: "dêem o melhor que podem; excedam-se, se necessário, porque para triunfar na carreira militar é preciso ser-se competente e dedicado; e só serão competentes se estiverem dispostos a muito trabalho e a muito esforço e tudo começa no princípio, na formação. Ou seja, para os bolseiros, o futuro começa agora e só pode ser risonho".

 

Atualizado em: 10-04-2014 21:32 
QUEM SOMOS CONTACTOS MAPA DO SITIO
Desenvolvido por ATASA, Centro de Dados da Defesa/SG/MDN @ 2012 Defesa Nacional - Optimizado para Internet Explorer