Saltar para o conteúdo principal
HOME
ATUALIDADE
MULTIMÉDIA
LIGAÇÕES
RESERVADO
INSTITUCIONAL
Lançamento da Start-Up Defesa 
 
 
O projecto arranca com três centros (Lisboa, Alfeite e Porto) mas o objetivo é chegar aos 10.

O ministro da Defesa Nacional, José Pedro Aguiar-Branco, presidiu, esta tarde, ao lançamento do programa Start-Up Defesa destinado ao desenvolvimento de um cluster da economia da Defesa com o apoio do Estado. Esta é uma iniciativa conjunta do Ministério da Defesa Nacional e da Plataforma das Indústrias de Defesa Nacionais (idD).

Durante a sua intervenção, José Pedro Aguiar-Branco referiu que espera, com este programa, levar à criação de empresas e postos de trabalho, funcionando o Ministério da Defesa Nacional como uma "alavanca e parceiro para ajudar a criar condições para um novo paradigma".

"Quisemos mudar a forma estática [de ver a economia de defesa], tornando-a mais dinâmica e motivadora", frisou o responsável pela pasta da Defesa Nacional, acrescentando que Portugal "tem aqui um eixo de oportunidade que não pode ser desperdiçado". José Pedro Aguiar-Branco reforçou ainda a ideia de que esta pode ser a "alavanca de oportunidades que existem não só em Portugal mas em toda a comunidade NATO (Organização do Tratado do Atlântico Norte)".

“A economia da Defesa nunca foi vista desta forma” e com este programa queremos torná-la “mais empreendedora, mais motivadora e mais dinâmica”, contribuindo assim “para a afirmação da capacidade portuguesa nesta área”, referiu.

As candidaturas ao programa Start-Up Defesa poderão ser apresentadas através da idD. Esta plataforma disponibilizará apoio logístico e acesso à rede das forças armadas para que os projectos se possam desenvolver e valorizar o potencial tecnológico e industrial.

Atualizado em: 20-07-2015 22:11 
QUEM SOMOS CONTACTOS MAPA DO SITIO
Desenvolvido por ATASA, Centro de Dados da Defesa/SG/MDN @ 2012 Defesa Nacional - Optimizado para Internet Explorer