Saltar para o conteúdo principal
HOME
ATUALIDADE
MULTIMÉDIA
LIGAÇÕES
RESERVADO
INSTITUCIONAL
ESCLARECIMENTO | 13 de fevereiro de 2014 
 
 
Na sequência das questões colocadas, por diversos Órgãos de Comunicação Social, o ministro da Defesa Nacional emitiu um esclarecimento.
 

ESCLARECIMENTO

 

A propósito das questões colocadas, por diversos órgãos de comunicação social, sobre as recentes declarações do Tenente-General, na reforma, José Eduardo Martinho Garcia Leandro, o ministro da Defesa Nacional esclarece:

 

 1.  O Tenente-General Garcia Leandro não é seu assessor, amigo pessoal ou confidente.

 2.  O ministro da Defesa Nacional teve o prazer da sua companhia uma única vez, ao longo do mandato e em momento algum foi proferida a frase que bombasticamente lhe é imputada ou as restantes considerações relatadas pelo senhor Tenente-General.

 3. O ministro da Defesa Nacional reconhece não ter sido possível acomodar, no processo de reforma em curso, as muitas vontades do senhor Tenente-General mas lembra que não é ministro com a tutela das preferências pessoais do senhor Tenente-General Garcia Leandro.

 4. O ministro da Defesa Nacional reafirma o seu maior e profundo respeito pela liberdade de expressão e lembra que nunca se sentiu incomodado com as múltiplas e repetidas expressões públicas de discordância do senhor Tenente-General Garcia Leandro, ou com as suas aparições em campanhas publicitárias contra a reforma em curso.

 

O Gabinete do Ministro da Defesa Nacional

Lisboa, 13 de fevereiro de 2014

Atualizado em: 19-02-2014 22:28 
QUEM SOMOS CONTACTOS MAPA DO SITIO
Desenvolvido por ATASA, Centro de Dados da Defesa/SG/MDN @ 2012 Defesa Nacional - Optimizado para Internet Explorer