Saltar para o conteúdo principal
HOME
ATUALIDADE
MULTIMÉDIA
LIGAÇÕES
RESERVADO
INSTITUCIONAL
“Mesmo em cenário de crise é possível Portugal ser competitivo” 
 
 
José Pedro Aguiar-Branco durante a visita de hoje ao CEIIA, destacou o contributo que este Centro de inovação e engenharia tem dado à economia portuguesa.
 

O Ministro da Defesa Nacional afirmou que “mesmo em cenário de crise é possível Portugal ser competitivo”, desde que os setores público e privado trabalhem de “forma convergente”.

Durante uma visita ao centro de inovação e engenharia (CEIIA), na Maia, Aguiar-Branco referiu que “é possível termos projetos vencedores” na indústria portuguesa, que contribuam para a “dimensão exportadora” da nossa economia.

Dando como exemplo o projeto da aeronave KC 390, cujas estruturas metálicas e compósitos estão a ser desenvolvidas por aquele centro em parceria com a Embraer, o Ministro da Defesa Nacional afirmou que o trabalho conjunto entre os poderes locais, centrais e as indústrias permitirá ao País ultrapassar e recuperar a sua soberania.

José Pedro Aguiar-Branco destacou também os 200 engenheiros “de grande calibre técnico” que integram o CEIIA, contribuindo assim para uma maior empregabilidade aliada à sua “dimensão exportadora”, “criatividade” e “inovação”.

“Quando nós trabalhamos, não de costas voltadas uns para os outros, mas convergentes no objetivo comum de ajudarmos a salvar a nossa economia é possível atingir resultados e temos aqui um bom exemplo disso mesmo”, frisou o Ministro da Defesa Nacional.

O CEIIA, orientado para a competitividade das indústrias da mobilidade, desenvolve projetos com vários países na aérea da aeronáutica, designadamente, Brasil, França, Itália e Reino Unido.

Para além do KC 390, o CEIIA trabalha com os helicópteros (civis e militares) da empresa Augustawestland e com o Falcon SMS, da Dassault Aviation. Está também a desenvolver, em parceria com a Força Aérea, a aeronave não-tripulada de vigilância e atuação marítima (UAV) e a estação de terra móvel para as operações da mesma.

É a única entidade civil portuguesa inscrita no NATO Building Integrity Program e membro do International Forum on Business Ethical Conduct for the Aerospace and Defence Industry.

Atualizado em: 01-10-2013 19:57 
QUEM SOMOS CONTACTOS MAPA DO SITIO
Desenvolvido por ATASA, Centro de Dados da Defesa/SG/MDN @ 2012 Defesa Nacional - Optimizado para Internet Explorer