Saltar para o conteúdo principal
HOME
ATUALIDADE
MULTIMÉDIA
LIGAÇÕES
RESERVADO
INSTITUCIONAL
“A educação e a formação são essenciais para desenvolver a ciberdefesa” 
 
 
José Pedro Aguiar-Branco presidiu à abertura do 1º Curso Internacional de Cibersegurança e Gestão de Crises no Ciberespaço.
   

Esta manhã, durante a sessão de abertura do 1º Curso de Cibersegurança e Gestão de Crises no Ciberespaço, o ministro da Defesa Nacional afirmou que existe em Portugal um número pequeno de profissionais qualificados nas áreas da “cibersegurança e ciberdefesa” pelo que a “educação e a formação” é fundamental para enfrentar “estes desafios”.

“O ciberespaço tem uma dimensão global sem fronteiras físicas definidas, tornando mais difícil a superação das ameaças nas esferas civis e militares, nacionais e internacionais”, alertou José Pedro Aguiar-Branco.

“Em Portugal estamos a fazer grandes esforços para enfrentar estes desafios”, afirmou, relembrando que o Conceito Estratégico de Defesa Nacional, aprovado em 2013, “destaca a necessidade de fortalecimento das capacidades nacionais e de criação de estruturas adequadas” que visem dar respostas às ameaças.

O tutelar da pasta da Defesa destacou ainda a recente aprovação das competências e do raio de ação do Centro Nacional de Cibersegurança e a participação de Portugal em projetos da NATO e da União Europeia relacionados com a área.

O 1º Curso Internacional de Cibersegurança e Gestão de Crises no Ciberespaço resulta de uma iniciativa de Portugal, da Estónia e da Agência Europeia de Defesa. Está a decorrer no Instituto de Defesa Nacional e na Academia Militar e conta com participantes de vários países europeus.

Vídeo sobre a sessão de abertura do 1º curso internacional sobre ciberdefesa

Atualizado em: 13-05-2014 13:02 
QUEM SOMOS CONTACTOS MAPA DO SITIO
Desenvolvido por ATASA, Centro de Dados da Defesa/SG/MDN @ 2012 Defesa Nacional - Optimizado para Internet Explorer