Saltar para o conteúdo principal
HOME
ATUALIDADE
MULTIMÉDIA
LIGAÇÕES
RESERVADO
INSTITUCIONAL
Secretário de Estado participa na homenagem aos militares mortos no combate ao incêndio da Serra de Sintra 
 
 
O Regimento de Artilharia Antiaérea Nº1 procedeu à edificação, com o apoio da Câmara Municipal de Sintra, de um novo monumento de homenagem
 

É com muito orgulho que me associo, hoje, a esta homenagem, justa e digna, aos homens e mulheres que serviram e servem neste Regimento, aqui em Queluz”, declarou o Secretário de Estado da Defesa Nacional, Marcos Perestrello, na cerimónia da trasladação do monumento aos combatentes mortos no combate ao incêndio da Serra de Sintra, durante a manhã de hoje, no Regimento de Artilharia Antiaérea Nº1 (RAAA1), em Queluz.

O Secretário de Estado sublinhou na cerimónia a importância que “a instituição militar confere à memória daqueles que serviram e morreram ao serviço da Pátria, quer em combate, quer no apoio abnegado às populações”. Recordou ainda os presentes o dia trágico vivido na Serra de Sintra, no dia 07 de setembro de 1966, onde se perderam 25 vidas humanas.

Marcos Perestrello realçou no seu discurso que “a preocupação do Exército Português, em aprofundar de ano para ano, a sua participação nas missões de apoio à proteção civil é de louvar e merece o apoio do Governo, das Autarquias e das populações.”

Por sua vez, o Comandante do RAAA1, Coronel Costa dos Reis, referiu que o “RAAA1, como herdeiro das tradições do Regimento de Artilharia Fixa, recorda com comoção o dia 07 de setembro de 1966 como corolário de uma dedicação incondicional à comunidade” e, na sequência desse trágico evento, foi edificado um monumento destinado a homenagear todos os militares e civis do RAAA1 e das suas unidades herdeiras, com ênfase para os 25 militares falecidos no grande incêndio na Serra de Sintra em 1966.  

Marcaram presença nesta solenidade o Presidente da Câmara Municipal de Sintra, Basílio Horta, o Vice-Presidente da Câmara Municipal de Sintra, Rui Pereira, o Presidente da Assembleia Municipal de Sintra, Domingos Quintas, o Major-General Aníbal Flambó, Diretor de História e Cultura Militar, o Major-General Ulisses de Oliveira, Diretor Honorário da Arma de Artilharia, autoridades civis e militares e antigos Comandantes. 

A cerimónia terminou com a atribuição da Medalha de Mérito Municipal Grau Ouro, ao Comandante do RAAA1, pelo Dr. Basílio Horta. As Medalhas de Mérito Municipal destinam-se a distinguir pessoas singulares ou coletivas, por atos ou serviços considerados importantes, relevantes ou excecionais, de onde advenham assinaláveis benefícios para o renome do Município e seu prestigio, para a melhoria das condições de vida dos munícipes, para a honra da sua história ou para o seu desenvolvimento futuro e que contribuam para o engrandecimento e dignificação do Município.

Atualizado em: 31-01-2017 16:01 
QUEM SOMOS CONTACTOS MAPA DO SITIO
Desenvolvido por ATASA, Centro de Dados da Defesa/SG/MDN @ 2012 Defesa Nacional - Optimizado para Internet Explorer