Saltar para o conteúdo principal
HOME
ATUALIDADE
MULTIMÉDIA
LIGAÇÕES
RESERVADO
INSTITUCIONAL
Secretária de Estado da Defesa Nacional visita a Estação Salva-Vidas de Ferragudo 
 
 
A Secretária de Estado da Defesa Nacional, Ana Santos Pinto, presidiu à cerimónia que atribuiu seis condecorações por serviços à salvação marítima
 

A Secretária de Estado da Defesa Nacional, Ana Santos Pinto, presidiu à cerimónia que atribuiu seis condecorações por serviços à salvação marítima. De visita à estação salva-vidas de Ferragudo/Lagoa, Ana Santos Pinto impôs a Medalha de coragem, abnegação e humanidade, grau prata, ao agente de 1.ª Classe da Polícia Marítima (PM), António José Ferreira Lopes e as Medalhas de coragem, abnegação e humanidade, grau cobre, a Adriano Sousa Espírito Santo (civil), ao agente 1.ª classe PM, Carlos Manuel Gomes Barreto; ao agente 1.ª classe PM, Paulo Jorge Gramacho Fernandes; ao Sota-Patrão SV José Júlio Lopes Jeremias e ao Marinheiro SV Osvaldo Sebastião Cardoso Pinto.

A Secretária de Estado agradeceu, em nome do Estado Português, a todos os que servem a Autoridade Marítima Nacional e a Polícia Marítima pelo “trabalho que fazem todos os dias colocando em risco a vida para o salvamento” e para Ana Santos Pinto, estas condecorações, significam o “enorme compromisso com o trabalho que desempenham diariamente e de forma permanente, exigindo uma enorme abnegação da vossa parte”, porque “nós temos a nosso cargo não só a segurança dos cidadãos nacionais como daqueles que nos visitam”.

Acompanhada pelo Diretor-Geral da Autoridade Marítima Nacional (AMN), Vice-almirante Sousa Pereira e pelo Presidente da Câmara Municipal de Lagoa, Francisco Martins, Ana Santos Pinto destacou ainda a importância do trabalho conjunto da comunidade e das autoridades locais com a Autoridade Marítima Nacional, pois “só é possível ter este sucesso com o trabalho de todos”.                 

A bordo de uma embarcação salva-vidas, Ana Santos Pinto ouviu do Sota-Patrão, Pedro Cardoso, os desafios diários desta estação salva-vidas, ao longo da costa do barlavento algarvio. O trabalho de salvamento marítimo, socorros a náufragos e assistência a banhistas é prestado desde 1982. Só neste semestre, a estação salva-vidas de Ferragudo salvou 10 pessoas, tendo efetuado 80 assistências e 15 saídas de socorro. Em dezembro de 2018, o município de Lagoa cedeu uma viatura “Amarok” à estação salva-vidas de Ferragudo com o objetivo de sensibilizar a comunidade local e assistência a banhistas.

Atualizado em: 30-06-2019 20:50 
QUEM SOMOS CONTACTOS MAPA DO SITIO
Desenvolvido por ATASA, Centro de Dados da Defesa/SG/MDN @ 2012 Defesa Nacional - Optimizado para Internet Explorer