Saltar para o conteúdo principal
HOME
ATUALIDADE
MULTIMÉDIA
LIGAÇÕES
RESERVADO
INSTITUCIONAL
Portugal e NATO reforçam cooperação em Ciberdefesa 
 
 
Portugal e a NATO assinaram um Memorando de Entendimento sobre cooperação em ciberdefesa com vista a promover a troca de informações, incluindo ameaças ciber e partilha de boas práticas.

Portugal e a NATO assinaram um Memorando de Entendimento sobre cooperação em ciberdefesa com vista a promover a troca de informações, incluindo ameaças ciber e partilha de boas práticas. O memorando foi celebrado no passado dia 14 de julho, no quartel-general da NATO, em Bruxelas.
 
O memorando tem como objetivo reforçar a cooperação entre a NATO e as autoridades nacionais de ciberdefesa. O acordo irá contribuir para reforçar as capacidades de ciberdefesa, nomeadamente através da melhoraria da partilha de informação e de apoio mútuo na prevenção de incidentes e desenvolvimento de capacidades de resiliência e de resposta.
 
O memorando foi celebrado pela NATO através do Embaixador Sorin Ducaru, Secretário-Geral Adjunto, e por Portugal, através do Tenente-General Sílvio José Pimenta Sampaio.
 
O Conselho de Ministros aprovou a 16 de junho a Resolução proposta pelo Ministério da Defesa Nacional, que prevê o lançamento de concurso público para a construção da Escola da NATO de Comunicações e Sistemas de Informação.
 
A Escola NATO de Comunicações e Sistemas de Informação permitirá potenciar um conjunto de capacidades de grande importância para a Defesa Nacional, contribuindo significativamente para a afirmação de Portugal como um centro de desenvolvimento de know-how e conhecimento nos domínios da ciberdefesa.
 
Recorde-se que o Ministro da Defesa Nacional, Azeredo Lopes, tem defendido que Portugal deve assumir “um papel crucial no processo de desenvolvimento de capacidades de ciberdefesa, sobretudo ao nível da educação, treino e qualificação dos recursos humanos”.

Atualizado em: 19-07-2016 20:55 
QUEM SOMOS CONTACTOS MAPA DO SITIO
Desenvolvido por ATASA, Centro de Dados da Defesa/SG/MDN @ 2012 Defesa Nacional - Optimizado para Internet Explorer