Saltar para o conteúdo principal
HOME
ATUALIDADE
MULTIMÉDIA
LIGAÇÕES
RESERVADO
INSTITUCIONAL
Navio Sagres “é uma verdadeira extensão da nossa plataforma continental e insular" 
 
 
O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, condecorou, na passada terça-feira, o Navio-Escola Sagres com a insígnia de membro honorário da Ordem Militar de Avis
 

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, condecorou, na passada terça-feira, o Navio-Escola Sagres com a insígnia de membro honorário da Ordem Militar de Avis.

O Ministro da Defesa Nacional, José Azeredo Lopes, e o Secretário de Estado da Defesa Nacional, Marcos Perestrello, marcaram presença na cerimónia que decorreu a bordo da Sagres, no Cais da Rocha Conde de Óbidos, em Lisboa.

Na cerimónia de condecoração, o Presidente da República disse estar a distinguir “uma escola de bem formar e bem servir, de qualidade e de excelência”, que é reconhecida por todos, ao longo dos seus 80 anos de vida, 55 dos quais ao serviço da Marinha Portuguesa.

Para o Presidente da República, o navio-escola Sagres é “uma expressão da alma portuguesa, por isso é tão querida esta instituição por todos os portugueses”, acrescentando que, este título de membro honorário da Ordem Militar de Avis, simboliza “o reconhecimento, o louvor e a gratidão de altos serviços prestados à pátria”.

O Ministro da Defesa Nacional destacou a “brilhante folha de serviços” do navio-escola Sagres, enumerando as “três voltas ao mundo, os 170 portos em 60 países visitados, as 100 mil horas no mar a navegar, e as 600 mil milhas percorridas”.

“Não há melhor forma de comemorar os 80 anos de vida da Sagres”, considerou Azeredo Lopes, acerca da distinção que foi atribuída e que vem “elevar ainda mais o seu tão vasto e invejável currículo”, afirmando que a Sagres é “mais do que um navio da marinha portuguesa, mais do que um navio-escola onde os cadetes se iniciam nas artes da navegação, mais do que um veleiro imponente, que, cuja beleza ninguém fica indiferente”.

O Ministro da Defesa afirmou que o NRP Sagres “é uma verdadeira extensão da nossa plataforma continental e insular, da nossa história, da nossa cultura, que não conhece fronteiras, porque lhes bastam bons ventos e mar de feição para navegar”.

O NRP Sagres foi construído, em 1937, nos estaleiros Blohm & Voss (Hamburgo), tendo recebido o nome de “Albert Leo Schlageter”. Foi o terceiro de uma série de quatro navios construídos para a marinha alemã. Em 1962, foi incorporado na Marinha Portuguesa como navio-escola e com o nome Sagres. Além da missão relacionada com a instrução dos cadetes, o navio-escola Sagres é também regularmente utilizado na representação da Marinha e do país, funcionando como embaixada itinerante de Portugal.

Atualizado em: 30-10-2017 11:52 
QUEM SOMOS CONTACTOS MAPA DO SITIO
Desenvolvido por ATASA, Centro de Dados da Defesa/SG/MDN @ 2012 Defesa Nacional - Optimizado para Internet Explorer