Saltar para o conteúdo principal
HOME
ATUALIDADE
MULTIMÉDIA
LIGAÇÕES
RESERVADO
INSTITUCIONAL
Ministro da Defesa recebe a Embaixadora da Ucrânia 
 
 
O Ministro da Defesa Nacional, José Azeredo Lopes, recebeu, no dia 10 de janeiro, a Embaixadora da Ucrânia em Lisboa, Inna Ohnivets

O Ministro da Defesa Nacional, José Azeredo Lopes, recebeu, no dia 10 de janeiro, a Embaixadora da Ucrânia em Lisboa, Inna Ohnivets.

A Embaixadora referiu-se à recente visita oficial do Presidente da Ucrânia, Petro Poroshenko, a Portugal, reflexo da excelência das relações bilaterais entre os dois países e da amizade entre os povos português e ucraniano.

O Chefe de Estado ucraniano havia partilhado, por essa ocasião, o seu agradecimento pela cooperação de Portugal na reabilitação médica de feridos de guerra do Exército ucraniano, cujo tratamento no Hospital das Forças Armadas do EMGFA, havia sido exemplar.

O Ministro da Defesa Nacional e a Embaixadora fizeram um balanço sobre esta cooperação e manifestaram interesse em reforçar o diálogo na área da defesa, designadamente quanto às indústrias de duplo uso e ao intercâmbio de boas-práticas.

Foram ainda referidos os trabalhos da Comissão NATO/Ucrânia e traçado um “ponto de situação” sobre a cooperação do país com a Aliança Atlântica: esta tem contribuído amplamente para as reformas em curso na Ucrânia, no setor de segurança e defesa, uma vez que os objetivos de Kiev, no tocante à modernização das suas Forças Armadas, se pautam, agora, pelos “standards” NATO.O Chefe de Estado ucraniano havia partilhado, por essa ocasião, o seu agradecimento pela cooperação de Portugal na reabilitação médica de feridos de guerra do Exército ucraniano, cujo tratamento no Hospital das Forças Armadas do EMGFA, havia sido exemplar.

O Ministro da Defesa Nacional e a Embaixadora fizeram um balanço sobre esta cooperação e manifestaram interesse em reforçar o diálogo na área da defesa, designadamente quanto às indústrias de duplo uso e ao intercâmbio de boas-práticas.

Foram ainda referidos os trabalhos da Comissão NATO/Ucrânia e traçado um “ponto de situação” sobre a cooperação do país com a Aliança Atlântica: esta tem contribuído amplamente para as reformas em curso na Ucrânia, no setor de segurança e defesa, uma vez que os objetivos de Kiev, no tocante à modernização das suas Forças Armadas, se pautam, agora, pelos “standards” NATO.

 

Atualizado em: 22-01-2018 15:01 
QUEM SOMOS CONTACTOS MAPA DO SITIO
Desenvolvido por ATASA, Centro de Dados da Defesa/SG/MDN @ 2012 Defesa Nacional - Optimizado para Internet Explorer