Saltar para o conteúdo principal
HOME
ATUALIDADE
MULTIMÉDIA
LIGAÇÕES
RESERVADO
INSTITUCIONAL
Ministro da Defesa deu posse ao novo Presidente do IASFA 
 
 
“É fundamental trazer novas ideias, novos ângulos, novas soluções e, para isso, carecemos de uma nova dinâmica de gestão e de estratégia de longo prazo para o IASFA”

“É fundamental trazer novas ideias, novos ângulos, novas soluções e, para isso, carecemos de uma nova dinâmica de gestão e de estratégia de longo prazo para o IASFA”, declarou o Ministro da Defesa Nacional na tomada de posse do novo Presidente do Conselho de Direção do Instituto de Ação Social das Forças Armadas (IASFA), o Tenente-General Fernando Campos Serafino.

“É da maior importância, apoiar e acarinhar esta instituição e quem a ela se dedica, para superarmos, juntos, as conhecidas dificuldades que ela enfrenta, e que resultam de insuficiente enquadramento, orientação e acompanhamento, ao longo de muitos anos”, afirmou João Gomes Cravinho, sublinhando a importância da instituição para as Forças Armadas.

O Ministro recordou as recentes auditorias, considerando que “os relatórios, por si só, não alteram a situação, não resolvem as dificuldades. Depende sobretudo de nós a arte e o engenho de encontrarmos as melhores formas de renovar e reequilibrar o IASFA”, fazendo um repto: “O IASFA não é um problema, é antes um desafio. Vamos assumi-lo e transformá-lo numa oportunidade para a Defesa Nacional”.

Sublinhando a Saúde Militar e o IASFA como prioridade, o Ministro da Defesa deixou claro que a sua “vontade de, no decurso desta legislatura, conseguir lançar as bases para um Sistema de Saúde Militar mais coeso e integrado. Nem todos os problemas serão resolvidos, seguramente, e aconselho a que se oiçam com desconfiança aqueles que têm receitas fáceis para problemas complexos. Temos igualmente consciência que nem todos ficarão satisfeitos, pois como é sabido é bem mais fácil encontrar consenso sobre problemas do que sobre soluções. Mas todos concordarão que a atual situação carece de sustentabilidade. Muito pode ser feito, e não deixaremos de tomar as decisões que forem necessárias”.

O despacho aprovado recentemente e que antecipa algumas recomendações do Tribunal de Contas já estão a dar frutos e irão alavancar a ação do novo Presidente, considerou o Ministro. Sem prejuízo da necessidade de prosseguir uma reforma mais estrutural da ADM e do Sistema de Saúde Militar, no seu conjunto, este despacho representa já uma redução anual de mais de 4 milhões de euros de encargos para a ADM. Representa também um passo no sentido da racionalidade do sistema, salientou.

João Gomes Cravinho apelou ao reforço dos mecanismos de controlo da utilização dos imóveis arrendados e ao desenvolvimento de um plano estratégico centrado nos imóveis destinados ao arrendamento.

O Tenente-General Fernando Celso Vicente de Campos Serafino nasce a 31 de janeiro de 1960, em Coimbra, mas é em Moçambique que faz o ensino primário e inicia o ensino secundário. Em 1974 regressa a Coimbra onde conclui o ensino secundário no Liceu José Falcão, em 1977. Nesse ano ingressa na Academia Militar. Ao longo da sua carreira assumiu variadas funções de comando e direção, estado-maior e assessoria, bem como de docência e instrução no Exército, no Ministério da Defesa Nacional e em organismos internacionais.

 

Atualizado em: 15-03-2019 10:23 
QUEM SOMOS CONTACTOS MAPA DO SITIO
Desenvolvido por ATASA, Centro de Dados da Defesa/SG/MDN @ 2012 Defesa Nacional - Optimizado para Internet Explorer