Saltar para o conteúdo principal
HOME
ATUALIDADE
MULTIMÉDIA
LIGAÇÕES
RESERVADO
INSTITUCIONAL
Ministro da Defesa destaca dimensão cívica da participação no Dia da Defesa Nacional 
 
 
O Ministro da Defesa Nacional, Azeredo Lopes, integrou as atividades do Dia da Defesa Nacional, em Viseu, e salientou a importância do DDN na aproximação dos jovens às Forças Armadas
 

Os 95 jovens que ontem compareceram ao Dia da Defesa Nacional (DDN) no Regimento de Infantaria nº14, em Viseu, foram surpreendidos pela presença do Ministro da Defesa Nacional. Azeredo Lopes falou aos jovens, mas não se ficou por aí, fez questão de integrar as várias atividades, contatando com as demonstrações militares e com os vários parceiros institucionais que integram a organização do DDN em Viseu.

No encontro com os jovens, o Ministro da Defesa reiterou a importância do DDN, alertou para os desafios da cibersegurança nos nossos dias e sublinhou o papel que as Forças Armadas desempenham nas várias missões internacionais em que se encontram envolvidas. “ Quero acima de tudo que no fim do dia vocês retenham pelo menos duas ideias: a Defesa Nacional também são vocês, através dos valores que representam, e que as Forças Armadas Portuguesas são cada vez mais prestigiadas a nível nacional e internacional", afirmou Azeredo Lopes.

Em declarações aos jornalistas, Azeredo Lopes afirmou que a sua participação no DDN foi o cumprimento do seu “dever de chamar a atenção para o que representa a Defesa Nacional” e para a “diversidade de carreiras e pluralidade de formações a que se pode aceder numa carreira militar”. “A Defesa Nacional é indissociável da cidadania”, frisou o MDN.

A mesma ideia foi também destacada pelo Diretor-Geral de Recursos da Defesa Nacional, Alberto Coelho, que definiu o DDN como um dia de “partilha de informação”, em que “o Estado se dá a conhecer e ao mesmo tempo procura conhecer melhor os que nele participam”. Alberto Coelho afirmou que um dos principais objetivos deste dia que se pretende “ diferente” para os cerca de 136 mil jovens convocados é transmitir “uma mensagem que fomente a coesão nacional e que procure assegurar-lhes uma maior compreensão do que é ser cidadão e das diferentes dimensões da defesa nacional.”

O Ministro da Defesa aproveitou ainda a visita para tomar conhecimento da estrutura, componentes de ação, e recursos do Regimento de Infantaria nº 14, assistindo a um breve briefing, visitando o Posto de Comando Tático e assistindo a uma demonstração de capacidades.

Atualizado em: 26-07-2016 14:55 
QUEM SOMOS CONTACTOS MAPA DO SITIO
Desenvolvido por ATASA, Centro de Dados da Defesa/SG/MDN @ 2012 Defesa Nacional - Optimizado para Internet Explorer