Saltar para o conteúdo principal
HOME
ATUALIDADE
MULTIMÉDIA
LIGAÇÕES
RESERVADO
INSTITUCIONAL
Ministro da Defesa Nacional destaca “associação virtuosa” entre empresas e Forças Armadas 
 
 
José Pedro Aguiar-Branco, destacou, em Coimbra, a existência de uma “associação virtuosa” entre os três ramos das Forças Armadas portuguesas e as empresas privadas de desenvolvimento de projetos e produtos tecnológicos.
 

 

Durante uma visita à empresa Critical Software, no âmbito da Base Tecnológica e Industrial para a Defesa (BTID), José Pedro Aguiar-Branco referiu que, para além das empresas públicas ligadas à defesa, existem empresas com "capacidade” de intervenção no desenvolvimento de projetos para as Forças Armadas" portuguesas.

Para o Ministro da Defesa Nacional, as Forças Armadas "têm um prestígio internacional que é de primeira linha” e que importa aliar à "capacidade e inteligência" da iniciativa privada.

"Se conseguirmos juntar esse prestígio, essa experiência acumulada de terreno (…) ao desenvolvimento para a área tecnológica, ganhando corpo para a industrialização e para a exportação, estamos a fazer algo que o pais agradece”, frisou Aguiar-Branco, acrescentando que “em vez de estarmos a trabalhar de costas viradas uns para os outros, estamos convergentes em benefício da economia portuguesa”.

Relembrando que o universo das indústrias da defesa “não está circunscrito às participações do Estado”, o Ministro da Defesa Nacional afirmou que importa agora afinar um modelo que demonstre o potencial do sector em Portugal.

Esta nova fase constitui “um desafio para nós” e esta é também “a razão para eu estar aqui hoje”, afirmou José Pedro Aguiar-Branco, acrescentando que “nós estamos numa situação internacional, em que os constrangimentos são grandes, a necessidade de partilha é grande e as politicas ao nível da NATO e da União Europeia são a de tentar fomentar, ao máximo, a partilha do desenvolvimento e da industrialização”.

"Se juntarmos o otimismo com a energia positiva, a persistência típica e a resiliência das forças armadas o resultado vai ser, seguramente, altamente positivo", concluiu o Ministro.

Atualizado em: 24-09-2013 11:33 
QUEM SOMOS CONTACTOS MAPA DO SITIO
Desenvolvido por ATASA, Centro de Dados da Defesa/SG/MDN @ 2012 Defesa Nacional - Optimizado para Internet Explorer