Saltar para o conteúdo principal
HOME
ATUALIDADE
MULTIMÉDIA
LIGAÇÕES
RESERVADO
INSTITUCIONAL
Ministro da Defesa Nacional promove as indústrias da defesa 
 
 
Aguiar-Branco deu hoje início a um conjunto de visitas que têm como objetivo dar a conhecer o trabalho e os projetos desenvolvidos no nosso país e contribuir para a divulgação do sector industrial em Portugal.
 

O Ministro da Defesa Nacional  iniciou, no Centro de Tropas Comandos, em Sintra, um conjunto de visitas a empresas e entidades integrantes da Base Tecnológica e Industrial para a Defesa (BTID), com vista à divulgação dos projetos desenvolvidos em território nacional.

Durante a sua intervenção na apresentação do Sistema de Informação e Comunicações Tático (SIC-T), que decorreu naquela Unidade, José Pedro Aguiar-Branco referiu a divulgação da BTID é importante porque concilia as “empresas públicas e privadas”, numa dinâmica de “inovação e criatividade”.

Para o Ministro da Defesa Nacional este projeto desenvolvido pelo Exército constitui uma Parceria Público-Privada “virtuosa” e que poderá desenvolver-se entre “as capacidades residentes nas Forças Armadas” (inteligência, criatividade, inovação) e a “iniciativa privada”.

Relembrando que o próximo Conselho Europeu “tem como pontos importantes da sua agenda as indústrias da defesa”, José Pedro Aguiar-Branco afirmou que o projeto não poderia ser mais “oportuno”, numa altura em que, quer ao nível da NATO, quer ao nível da União Europeia, se privilegia a partilha de capacidades entre os diversos países.

“Num momento em que as condições financeiras são de grande exigência e rigor” existe “uma necessidade de fazer partilhas, quer em termos de investimentos quer em termos de conhecimentos e inovação”, frisou o Ministro da Defesa Nacional.

Para Aguiar-Branco este projeto, que será candidato ao Quadro de Fundos Comunitários, tem um potencial “extraordinário de exportação”, para além das Forças Armadas portuguesas serem as principais interessadas em ter um sistema de comunicação e de informações seguro e inovador”.

O SIC-T consiste num moderno sistema que dota a componente operacional do Exército com os meios de comunicações e os sistemas de informação necessários à condução das operações centradas em rede.

É composto por uma infraestrutura que garante o fluxo da informação e disponibiliza os serviços que permitem a sua gestão, no interior e entre forças, nos postos de comando dos vários níveis operacionais e com outras entidades que interajam com o Exército na realização de missões conjuntas. Está também vocacionado para funcionar em situações de catástrofe.

As visitas, no âmbito da BTID, decorrerão até ao final do próximo mês de outubro e incluem empresas como a CRITICAL Software, as OGMA, a TEKEVER e a RIOPELE, entre outras.

 

Atualizado em: 19-10-2013 21:40 
QUEM SOMOS CONTACTOS MAPA DO SITIO
Desenvolvido por ATASA, Centro de Dados da Defesa/SG/MDN @ 2012 Defesa Nacional - Optimizado para Internet Explorer