Saltar para o conteúdo principal
HOME
ATUALIDADE
MULTIMÉDIA
LIGAÇÕES
RESERVADO
INSTITUCIONAL
Ministro da Defesa Nacional destaca importância estratégica 
 
 
“Necessitamos do seu contributo decisivo num processo de accountability, perante o Estado e perante os cidadãos, que desejamos aprofundar permanentemente com as nossas políticas e as nossas ações”

“Necessitamos do seu contributo decisivo num processo de accountability, perante o Estado e perante os cidadãos, que desejamos aprofundar permanentemente com as nossas políticas e as nossas ações”, declarou o Ministro da Defesa Nacional, José Alberto Azeredo Lopes, na cerimónia de tomada de posse do novo Inspetor-Geral da Defesa Nacional (IGDN), o Major-General Esperança da Silva, que decorreu hoje no Ministério da Defesa Nacional, em Lisboa.

Azeredo Lopes destacou a “elevadíssima importância e responsabilidade” da Inspeção-Geral da Defesa Nacional que, por ser “uma peça fundamental na garantia de transparência e na responsabilização perante os diversos atores internos e externos e, em última análise, perante os Portugueses”.

Durante a tomada de posse, o Ministro recordou que compete à IGDN assegurar, “numa perspetiva sistémica, preventiva e pedagógica” a “legalidade e a regularidade dos atos praticados pelas Forças Armadas e pelos serviços e organismos do MDN” e que “através da realização de auditorias e outras ações de controlo”, a IGDN contribui diariamente para “a melhoria do funcionamento das estruturas” da Defesa.

Ao novo Inspetor-Geral da Defesa Nacional, Major-General Esperança da Silva, o Ministro da Defesa desejou “as maiores felicidades e os maiores sucessos” nas suas novas “relevantes e exigentes funções”, destacando ainda as suas “qualidades humanas, experiência e competência” e que conduzirão “com toda a certeza” a “excelente resultados”.

A cerimónia de tomada de posse ficou ainda marcada pela atribuição da Medalha de Ouro de Serviços Distintos e da leitura do Louvor Público ao Inspetor-Geral cessante, Tenente-General Vitor Amaral Vieira, a quem o Ministro da Defesa agradeceu o “competente trabalho” à frente da Inspeção-Geral nos últimos quatro anos e meio.

O Major-General José Manuel Esperança da Silva foi designado, em regime de substituição, pela sua aptidão e experiência profissional para exercer o cargo de Inspetor-Geral da Defesa Nacional, sucedendo ao Tenente-General Vítor Manuel Amaral Vieira por passagem à reforma deste.

Com 59 anos de idade e 39 de serviço, o Major-General Esperança da Silva, na situação de reserva desde 2016, desempenhava até à presente data, a função de Assessor do Chefe do Estado-Maior do Exército na área do reequipamento, que acumulava com a posição de Vogal do Conselho Superior de Disciplina do Exército.

Como Oficial General, desempenhou os cargos de Comandante da Brigada Mecanizada entre 2010 e 2012 e de Representante do Supreme Allied Commander Europe (SACEUR), junto do Comité Militar da Aliança Atlântica, no Quartel-General da NATO em Bruxelas, entre 2013 e 2016.

Atualizado em: 10-05-2017 22:13 
QUEM SOMOS CONTACTOS MAPA DO SITIO
Desenvolvido por ATASA, Centro de Dados da Defesa/SG/MDN @ 2012 Defesa Nacional - Optimizado para Internet Explorer