Saltar para o conteúdo principal
HOME
ATUALIDADE
MULTIMÉDIA
LIGAÇÕES
RESERVADO
INSTITUCIONAL
Militares portugueses no Kosovo treinam controlo de tumultos 
 
 
O Batalhão de Manobra da Reserva Tática da Kosovo Force (KFOR), com comando português e integrando forças húngaras, planeou e executou o Exercício BOAR II, no final de janeiro deste ano.

 

O Batalhão de Manobra da Reserva Tática da Kosovo Force (KFOR), com comando português e integrando forças húngaras, planeou e executou o Exercício BOAR II, no final de janeiro deste ano. Este visava exercitar o Batalhão na execução de operações de controlo de tumultos.

O cenário desenhado para o BOAR II teve por base uma escalada de tensão interétnica, simultaneamente em diferentes locais do Kosovo, obrigando a Polícia do Kosovo a pedir apoio à missão europeia no território EULEX e à KFOR.

O exercício estava dividido em três fases. No primeiro dia decorreu a primeira fase, mais teórica, na qual foram apresentadas as forças envolvidas, a organização, as capacidades e os procedimentos. Houve ainda uma demonstração que permitiu o contato com as viaturas, os equipamentos e os armamentos envolvidos.

No segundo dia, realizaram-se treinos cruzados, permitindo às unidades conhecerem os procedimentos de cada uma, fomentando a interoperabilidade. Na última fase, que decorreu no terceiro dia, as forças treinaram todos os procedimentos característicos de controlo de tumultos. O Comando e o Estado-Maior do KFOR tiveram também a possibilidade de treinar a coordenação e o comando das forças num ambiente complexo.

O Exercício BOAR II teve a participação de praticamente todas as Unidades que integram a KFOR, trabalhando lado a lado, na resolução de vários incidentes de escalada de tensão, num ambiente multinacional de elevado profissionalismo e sã camaradagem.

A presença da KFOR tem sido crucial na manutenção da segurança e proteção para todos os indivíduos e das comunidades no Kosovo, continuando a ter um papel decisivo na manutenção de um ambiente seguro.

A KFOR foi criada em 1999 e conta ainda com um efetivo multinacional de aproximadamente 5 mil militares. Portugal participa na missão desde o seu início e tem atualmente destacado o 2º Batalhão de Infantaria Mecanizado, que assumiu o comando da reserva tática do Comandante da KFOR.

Recorde-se que Portugal participa em 16 missões internacionais, com enfoque para a participação em operações das Nações Unidas, da União Europeia e da NATO com capacidades e meios, tendo atualmente 489 militares nestas Forças Nacionais Destacadas.

 

 

Atualizado em: 25-02-2016 11:31 
QUEM SOMOS CONTACTOS MAPA DO SITIO
Desenvolvido por ATASA, Centro de Dados da Defesa/SG/MDN @ 2012 Defesa Nacional - Optimizado para Internet Explorer