Saltar para o conteúdo principal
HOME
ATUALIDADE
MULTIMÉDIA
LIGAÇÕES
RESERVADO
INSTITUCIONAL
Instituto de Defesa Nacional, excelência na formação 
 
 
“Formação, Investigação e Sensibilização, são os três eixos que estruturam as atividades do Instituto de Defesa Nacional”.
 

O IDN, criado em 1976, tem como missão principal o apoio à formulação do pensamento estratégico nacional, assegurando o estudo, a investigação e a divulgação das questões de segurança e defesa. Este Instituto foi o primeiro no país a dedicar-se ao estudo, investigação e divulgação da problemática da Defesa Nacional.

No último ano realizou 13 cursos de formação, frequentados por 419 auditores, números adiantados pelo General Vítor Viana, Diretor do Instituto de Defesa Nacional, na abertura do ano letivo 2012/2013, salientando ainda que para o Curso de Defesa Nacional foram definidas “três prioridades ambiciosas: diversificar o universo dos seus destinatários, de forma a gerar dinâmicas multiplicadoras; ampliar as sessões de reflexão e debate e valorizar a investigação; e assegurar o reconhecimento das matérias lecionadas no curso por parte do sistema de ensino superior nacional”.

No seu discurso o Diretor do IDN assume como prioridades do Instituto “o reforço da ligação ao mundo académico, a descentralização e a internacionalização das ofertas formativas", salientando que no âmbito das parcerias com instituições em 2011/2012, o IDN foi parceiro na organização da pós-graduação em “Estudos Estratégicos e de Segurança” com a Universidade Nova de Lisboa. É também de referir que no esforço de descentralização o IDN tem ministrado cursos Intensivos de Segurança e Defesa nas regiões autónomas dos Açores e da Madeira e as Conferências do Castelo no Porto. Internacionalmente destacam-se a organização de cursos em França e o “facto de o IDN ser cada vez mais reconhecido e procurado pelos parceiros internacionais enquanto produtor de ofertas de formação de alto nível", como destacou o General Vítor Viana.

Centro de referência na elaboração da Estratégia Nacional de Segurança e Defesa, o IDN reuniu “um conjunto alargado de especialistas, com competências em vetores das políticas públicas”, “para trabalhar num estratégia que fosse verdadeiramente nacional e global” sendo este “o ponto de partida para a elaboração das bases para um Conceito Estratégico de Segurança e Defesa Nacional”, com vista a “apoiar o trabalho subsequente de elaboração das Grandes Opções do Conceito Estratégico, como explicou o Diretor do Instituto.

Na cerimónia de abertura do ano letivo 2012/2013 do IDN, foi assinado um protocolo entre o Ministério da Defesa Nacional e o Ministério da Educação com o intuito “de introduzir os valores da segurança e da defesa no âmbito da educação para a cidadania; de apoiar e promover a formação contínua de professores sobre a defesa nacional e a ação das Forças Armadas enquanto instituição da democracia portuguesa; e de incentivar as atividades da sociedade civil nas áreas da segurança, defesa nacional e da cultura para a paz.”

O Diretor do Instituto de Defesa Nacional realçou que “o melhor do IDN ainda está para vir”. E que “2012/2013 será um ano que ficará associado à crescente internacionalização do IDN, ao reforço dos cursos temáticos pós-laborais e das parcerias e ao desenvolvimento das ações de sensibilização”.

Atualizado em: 29-11-2012 12:32 
QUEM SOMOS CONTACTOS MAPA DO SITIO
Desenvolvido por ATASA, Centro de Dados da Defesa/SG/MDN @ 2012 Defesa Nacional - Optimizado para Internet Explorer