Saltar para o conteúdo principal
HOME
ATUALIDADE
MULTIMÉDIA
LIGAÇÕES
RESERVADO
INSTITUCIONAL
IASFA e Cruz Vermelha partilham instalações do Exército em Braga 
 
 
O protocolo assinado, esta quarta-feira, prevê o acesso aos beneficiários, de ambas as instituições, a uma série de serviços de saúde e assistência.
 

"O correto aproveitamento de instalações militares que deixaram de ser úteis às Forças Armadas é um imperativo nacional", considerou a Secretária de Estado Adjunta e da Defesa Nacional após a assinatura de um protocolo que envolve o Ministério da Defesa Nacional, o Instituto de Ação Social das Forças Armadas (IASFA) e a Cruz Vermelha Portuguesa (CVP).

O acordo prevê a partilha de instalações atualmente ocupadas pelo Exército e também a partilha de serviços entre o IASFA e a CVP, cumprindo as orientações políticas da Reforma Defesa 2020. A concretização do protocolo agora assinado vai permitir a adequada gestão dos recursos e disponibilizar aos beneficiários do IASFA e da CVP um conjunto alargado de serviços de saúde, nomeadamente posto de enfermagem, utilização de ambulâncias e serviços de teleassistência e telesegurança, serviços de apoio domiciliário e de médico ao domicílio, prioridade na admissão à creche e consultas de clínica geral e especialidades.

“Este protocolo é muito importante para o Ministério da Defesa Nacional, na medida em que abre caminho para se estudar outras soluções semelhantes a esta, como, aliás, já está a acontecer noutras regiões do País”, revelou Berta Cabral, referindo-se ao facto de simultaneamente se “resolver o problema de instalação de instituições que prossigam fins de utilidade pública e desonerando o Orçamento da Defesa de parte dos custos de manutenção”.

“São estes pequenos contributos que permitem cumprir o objetivo maior de termos menos Estado e melhor Estado e de fazer mais com os mesmos recursos”, concluiu Berta Cabral.

O documento foi assinado pelo Tenente-General Campos Gil, Vice-Chefe do Estado-Maior do Exército, em representação do Ministério da Defesa Nacional, pelo Tenente-General Fialho da Rosa e pelo Dr. Carlos Batista, Presidente e Vogal do IASFA, respetivamente, e pelo Dr. Luís Barbosa, Presidente Nacional da CVP. Na cerimónia estiveram presentes também o presidente da Câmara Municipal de Braga, Ricardo Rio, e o Chefe do Estado-Maior do Exército, General Carlos Jerónimo.

DISCURSO DA SECRETÁRIA DE ESTADO ADJUNTA E DA DEFESA NACIONAL

 

Atualizado em: 28-04-2014 11:32 
QUEM SOMOS CONTACTOS MAPA DO SITIO
Desenvolvido por ATASA, Centro de Dados da Defesa/SG/MDN @ 2012 Defesa Nacional - Optimizado para Internet Explorer