Saltar para o conteúdo principal
HOME
ATUALIDADE
MULTIMÉDIA
LIGAÇÕES
RESERVADO
INSTITUCIONAL
Homenagear os combatentes da I Guerra Mundial 
 
 
Demos aqui um testemunho de que não esquecemos, de que respeitamos a memória, e lembramos que nestas terras também está um pouco de Portugal, porque aqui hoje nós dignificamos e homenageamos o combatente”

“Demos aqui um testemunho de que não esquecemos, de que respeitamos a memória, e lembramos que nestas terras também está um pouco de Portugal, porque aqui hoje nós dignificamos e homenageamos o combatente”, afirmou o Ministro da Defesa Nacional, Azeredo Lopes, nas cerimónias evocativas do 99o Aniversário da Batalha de La Lys.

As cerimónias decorreram no Cemitério Militar Português, em Richbourg, França, onde se encontram as campas de 1831 soldados portugueses mortos na Batalha de La Lys, e em La Couture, frente ao monumento de homenagem de Portugal à França pelos acontecimentos da I Guerra Mundial.

O Ministro da Defesa Nacional sublinhou ainda a importância da aliança e amizade entre os dois países: “Portugal foi solidário e aliado com a França em 1917 e tem demonstrado que é um aliado e amigo da França em 2017, com uma posição solidária em diferentes organizações internacionais e, permitam-me que destaque, na resposta ao pedido da França após os atentados de Paris de 13 de novembro de 2014: temos hoje militares portugueses na República Centro-Africana a dar prova de que essa solidariedade não são só palavras, mas também ações concretas”, declarou Azeredo Lopes.

Atualizado em: 24-04-2017 19:25 
QUEM SOMOS CONTACTOS MAPA DO SITIO
Desenvolvido por ATASA, Centro de Dados da Defesa/SG/MDN @ 2012 Defesa Nacional - Optimizado para Internet Explorer