Saltar para o conteúdo principal
HOME
ATUALIDADE
MULTIMÉDIA
LIGAÇÕES
RESERVADO
INSTITUCIONAL
Força Aérea recebe os primeiros helicópteros Koala 
 
 
O Ministro da Defesa Nacional esteve esta segunda-feira na Base Aérea 11, em Beja

O Ministro da Defesa Nacional esteve esta segunda-feira na Base Aérea 11, em Beja, numa visita densa de simbolismo que reflete o enorme dinamismo que a Força Aérea tem sabido imprimir à sua ação, em várias frentes, em simultâneo, e em tempos de grandes desafios. Condecorou o Chefe do Estado-Maior da Força Aérea, a poucos dias de cumprir três anos de mandato, e testemunhou a receção dos primeiros dois helicópteros Koala, de um conjunto de cinco, que substituirão os Alouette III.

Para João Gomes Cravinho, este é “um passo estruturante na renovação das capacidades para a Força Aérea continuar a cumprir as suas missões”. O Alouette III que “durante mais de meio século, tão bem serviu o país, reveste-se de particular significado”. Os cinco novos helicópteros garantirão melhor operabilidade e segurança.

A modernização dos equipamentos “está também na linha da frente das nossas preocupações”, assegurou o Ministro da Defesa Nacional. “A futura Lei de Programação Militar trará não só novas capacidades às Forças Armadas, mas também oportunidades importantes no que toca ao desenvolvimento de parcerias na área tecnológica e industrial. A Força Aérea é um excelente exemplo da forma particularmente ativa como já tem participado no passado. Os passos importantes que estão a ser dados ao nível europeu, estimulando a compatibilização de investimentos e de capacidades, irá certamente alavancar o nosso cluster aeronáutico”.

Koala é um helicóptero monomotor, extremamente versátil, capaz de operar em ambiente noturno com a utilização de óculos de visão noturna e cumprindo um leque bastante alargado de missões como instrução básica e avançada de voo, busca e salvamento, evacuação sanitária, patrulhamento e observação e apoio ao combate aos incêndios rurais. 

Está equipado com um trem de aterragem do tipo "patins", com capacidade de instalação de flutuadores para a missão de busca e salvamento sobre ambiente marítimo. Para esta missão em particular, pode ainda ser equipado com guincho e farol de busca. 

Tem a capacidade de transportar até sete passageiros, além do piloto, ou uma maca e cinco passageiros, ou ainda 1400Kg em carga suspensa, onde se inclui um balde para o combate aos incêndios rurais. 

 

Atualizado em: 15-03-2019 10:21 
QUEM SOMOS CONTACTOS MAPA DO SITIO
Desenvolvido por ATASA, Centro de Dados da Defesa/SG/MDN @ 2012 Defesa Nacional - Optimizado para Internet Explorer