Saltar para o conteúdo principal
HOME
ATUALIDADE
MULTIMÉDIA
LIGAÇÕES
RESERVADO
INSTITUCIONAL
Centro de Informação Geoespacial do Exército é um “inegável fator de inovação e desenvolvimento” 
 
 
A Secretária de Estado da Defesa Nacional, Ana Santos Pinto, esteve presente nas comemorações do 86º aniversário do Centro de Informação Geoespacial do Exército.
 

“O Centro de Informação Geoespacial do Exército (CIGeoE) é herdeiro do espólio e das tradições cartográficas militares e, também por isso, tem realizado uma obra notável ao longo da sua história”, considerou a Secretária de Estado da Defesa Nacional, Ana Santos Pinto, na cerimónia de comemoração do 86.º aniversário deste Centro.

Na presença do Chefe do Estado-Maior do Exército, General Nunes da Fonseca e do Diretor do CIGeoE, Coronel Hélder Perdigão e, de outras entidades militares e civis, a Secretária de Estado reconheceu o trabalho desenvolvido “tão meritório”, desde a formação do CIGeoE, em 1932, então como Serviços Cartográficos do Exército.

“O serviço prestado pelo CIGeoE não seria possível sem a reconhecida competência e elevado profissionalismo e compromisso e dedicação prestado por todos aqueles que nele servem, militares e civis” e, que “livremente é reconhecido não só ao nível nacional, mas também, no exterior”, enalteceu.

Para Ana Santos Pinto, o CIGeoE constituiu-se como um “inegável fator de inovação e desenvolvimento do Exército e das Forças Armadas”, afirmando que responde não só aos “requisitos exigentes inerentes à condução de operações terrestres em diferentes teatros de operações, mas também, às necessidades dos outros ramos das Forças Armadas, das Forças de Segurança e, naturalmente da sociedade portuguesa”.

A cartografia e a informação geográfica e geoespacial são áreas que assumem hoje, “importância central no desempenho das missões das Forças Armadas”, considerou a Secretária de Estado, afirmando que “o trabalho desenvolvido pelo Centro de Informação Geoespacial do Exército permite uma atuação em ambiente digital, com informação precisa e com origem de qualidade e certificada”.

No final, a Secretária de Estado impôs as insígnias de Membro-Honorífico da Ordem Militar de Avis, ao Estandarte Nacional do Centro de Informação Geoespacial do Exército, em representação do Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa. A Ordem Militar de Avis junta-se assim, às Insígnias de Membro-Honorário da Ordem Militar de Santiago de Espada, às insígnias Membro-Honorário da Ordem do Infante D. Henrique e à Medalha de Serviços Distintos. 

O Centro de Informação Geoespacial do Exército sucedeu, a partir de 1 de agosto de 2015, ao Instituto Geográfico do Exército (IGeoE) - com base no Decreto Regulamentar nº 11/2015, de 31 de julho. Para além de contribuir para a componente operacional, disponibiliza informação essencial para as operações militares e também para a sociedade civil.

Atualizado em: 12-12-2018 09:34 
QUEM SOMOS CONTACTOS MAPA DO SITIO
Desenvolvido por ATASA, Centro de Dados da Defesa/SG/MDN @ 2012 Defesa Nacional - Optimizado para Internet Explorer