Saltar para o conteúdo principal
HOME
ATUALIDADE
MULTIMÉDIA
LIGAÇÕES
RESERVADO
INSTITUCIONAL
Capela de S. Roque reabre portas no Estado-Maior da Armada depois de profunda intervenção de restauro 
 
 
O Ministro da Defesa Nacional, José Alberto Azeredo Lopes, participou, esta quarta-feira, na reabertura da Capela de S. Roque, no Estado-Maior da Armada, em Lisboa.
 

O Ministro da Defesa Nacional, José Alberto Azeredo Lopes, esteve no Estado-Maior da Armada, esta quarta-feira, para visitar uma exposição alusiva à Capela de S. Roque, onde estão patentes diversos painéis com imagens do antes e do depois dos trabalhos de conservação e que incluiu a beneficiação de estuques, a pintura de ordenato, a pintura figurativa e demais elementos decorativos na capela.

No momento de apresentação da exposição ao Ministro da Defesa Nacional, o Chefe de Estado-Maior da Armada, Macieira Fragoso, proferiu umas breves palavras de agradecimento a todas as entidades que colaboraram neste projeto de restauro, realçando que a preservação deste património “é extremamente significativo na história da Marinha” e é intenção do mesmo “valorizar este espaço de culto como tal, mas também, pela sua vertente cultural, através de visitas dos nossos cidadãos”.

Este investimento na recuperação do património não teria sido possível sem a estreita colaboração da Santa Casa da Misericórdia de Lisboa, da Direção de Infraestruturas da Marinha e da Direção-Geral do Património e Cultura.

Para além do Chefe de Estado-Maior da Armada acompanharam, o Ministro da Defesa Nacional, o Bispo das Forças Armadas e de Segurança, D. Manuel Linda, o Provedor da Santa Casa da Misericórdia de Lisboa, Pedro Santana Lopes e Irmão-Provedor da Irmandade da Misericórdia e de S. Roque de Lisboa, Pedro Pestana de Vasconcelos.

Construída em 1760, segundo um projeto de Eugénio dos Santos, a Capela de São Roque foi sede da Irmandade dos Carpinteiros de Machados ou Navais e a sua história está bem presente no conjunto de azulejos de finais do século XVIII com cenas do nascimento, vida e morte de São Roque.

Atualizado em: 02-09-2016 10:07 
QUEM SOMOS CONTACTOS MAPA DO SITIO
Desenvolvido por ATASA, Centro de Dados da Defesa/SG/MDN @ 2012 Defesa Nacional - Optimizado para Internet Explorer