Saltar para o conteúdo principal
HOME
ATUALIDADE
MULTIMÉDIA
LIGAÇÕES
RESERVADO
INSTITUCIONAL
CEMGFA rejeita instabilidade nas Forças Armadas 
 
 
O General Luís Araújo, abordado pelos jornalistas no final de uma audição na Comissão Parlamentar de Defesa, rejeitou as alegações de instabilidade no seio das Forças Armadas.
   

Inquirido sobre a dimensão e legalidade da concentração convocada pelas associações militares o Chefe de Estado-Maior General das Forças Armadas (CEMGFA) afirmou desconhecer o número exato de militares que aderiram à manifestação, reconhecendo o direito à manifestação de todos os cidadãos, e dos militares enquanto cidadãos, desde de que seja garantido o cumprimento das “regras que são inerentes à condição militar”.

O CEMGFA afirmou ainda que “se há instabilidade, essa instabilidade é exterior e induzida para dentro das Forças Armadas”, tendo concluido que “há coesão, há estabilidade e a prova disso é que nós cumprimos”.

Atualizado em: 28-11-2012 12:14 
QUEM SOMOS CONTACTOS MAPA DO SITIO
Desenvolvido por ATASA, Centro de Dados da Defesa/SG/MDN @ 2012 Defesa Nacional - Optimizado para Internet Explorer