Saltar para o conteúdo principal
HOME
ATUALIDADE
MULTIMÉDIA
LIGAÇÕES
RESERVADO
INSTITUCIONAL
Azeredo Lopes presta homenagem aos mortos na Batalha de Cuito Cuanavale 
 
 
O Ministro da Defesa visitou esta quinta-feira o Cuito Cuanavale na companhia do seu homólogo angolano, General Salviano de Jesus Sequeira
 

O Ministro da Defesa visitou esta quinta-feira o Cuito Cuanavale na companhia do seu homólogo angolano, General Salviano de Jesus Sequeira. 

José Azeredo Lopes começou por homenagear todos os que perderam a vida naquela que ficou para a história como a maior batalha da Guerra Civil em Angola, depositando uma coroa de flores no Memorial à Vitória da Batalha do Cuito Cuanavale.

Logo a seguir, os dois ministros visitaram o monumento e o museu inaugurados em setembro de 2017, onde momentos antes foram recebidos em clima de festa, com cânticos e danças.

Recorde-se que, em 23 março, passaram três décadas sobre o fim do desta batalha que colocou frente a frente as Forças Armadas Populares de Libertação de Angola (FAPLA), apoiadas por militares cubanos, e a União Nacional para a Independência Total de Angola (UNITA), apoiada por forças sul-africanas.

“Esta é uma visita muito simbólica e muito comovente, porque aqui pude testemunhar como a guerra é terrível”, disse Azeredo Lopes aos jornalistas, descrevendo a deslocação como “uma visita de amigo”.

O ministro português lembrou ainda que “esta batalha traduz, simbolicamente, a independência do Estado angolano e a reafirmação da sua soberania.”

José Azeredo Lopes está em Angola durante esta semana para reforçar a Cooperação no Domínio da Defesa, através de encontros políticos, — segunda-feira foi recebido pelo Presidente da República, João Lourenço — da visita a diversas unidades militares e da assinatura do novo Programa-Quadro de Cooperação para o período 2018-2021.

Atualizado em: 15-06-2018 11:22 
QUEM SOMOS CONTACTOS MAPA DO SITIO
Desenvolvido por ATASA, Centro de Dados da Defesa/SG/MDN @ 2012 Defesa Nacional - Optimizado para Internet Explorer