Saltar para o conteúdo principal
HOME
ATUALIDADE
MULTIMÉDIA
LIGAÇÕES
RESERVADO
INSTITUCIONAL
Azeredo Lopes destaca “contributo assinalável” dos auditores de Defesa 
 
 
O Ministro da Defesa Nacional, José Azeredo Lopes, destacou esta quarta-feira, dia 17 de janeiro, o contributo da Associação de Auditores dos Cursos de Defesa Nacional “na defesa dos interesses estratégicos de Portugal”

O Ministro da Defesa Nacional, José Azeredo Lopes, destacou esta quarta-feira, dia 17 de janeiro, o contributo da Associação de Auditores dos Cursos de Defesa Nacional “na defesa dos interesses estratégicos de Portugal”.

Durante a tomada de posse dos novos órgãos sociais desta associação, que decorreu no Instituto da Defesa Nacional (IDN), em Lisboa, o governante reconheceu o IDN como “espaço de liberdade, de conhecimento e de diversidade”, bem como pelo seu contributo na “construção de uma Cultura, de um Pensamento e de uma Identidade” na área da Defesa.

Azeredo Lopes sublinhou ainda a importância do instituto na “divulgação das questões da Defesa Nacional junto dos cidadãos”.

“É essencial submeter à luminosidade da esfera pública os objectivos, os contornos e o alcance da política de Defesa Nacional”, especialmente juntos dos mais novos, para que sejam “cidadãos comprometidos, críticos e esclarecidos”, frisou o Ministro da Defesa na presença do Secretário de Estado da Defesa Nacional, Marcos Perestrello, do Diretor do IDN, General Vítor Viana, do Chefe de Estado-Maior da Armada, Almirante Silva Ribeiro, e do Diretor-Geral de Recursos da Defesa Nacional, Alberto Coelho.

 

“Embaixadores do pensamento estratégico”

Considerando os Auditores do Curso de Defesa Nacional como “embaixadores do pensamento estratégico nacional para uma Defesa do século XXI”, Azeredo Lopes manifestou ainda o seu assinalável contributo entre a “sociedade civil e a instituição militar”.

“Queremos responder, queremos prestar contas, no exercício de uma ‘accountability’ que tanto vincula quem tem o privilégio e a legitimidade de exercer o poder público. Para alcançar o objetivo, continuamos a contar com o contributo, assinalável, dos Auditores do Curso de Defesa Nacional”, disse ainda o Ministro da Defesa.

O General Vítor Viana recordou que, desde a década de 70, o Instituto da Defesa Nacional já formou 1789 auditores e assegurou: esta “foi, é, e será sempre a sua casa”. Deixou ainda uma palavra de boa sorte à associação de auditores, considerando que “o vosso sucesso será o nosso sucesso”.

Criada em 1981, a Associação de Auditores dos Cursos de Defesa Nacional será liderada durante o biénio 2018/2019, por João Farinha Franco. De entre os vários objetivos desta Associação, destaca-se a preservação e projeção de valores culturais que contribuam para o reforço da identidade nacional e a participação ativa na definição e difusão de conceitos doutrinários no âmbito da Segurança e da Defesa Nacional.

Atualizado em: 22-01-2018 15:03 
QUEM SOMOS CONTACTOS MAPA DO SITIO
Desenvolvido por ATASA, Centro de Dados da Defesa/SG/MDN @ 2012 Defesa Nacional - Optimizado para Internet Explorer