Saltar para o conteúdo principal
HOME
ATUALIDADE
MULTIMÉDIA
LIGAÇÕES
RESERVADO
INSTITUCIONAL
Acidente com Aeronave C-130 
 
 
Comunicado do Ministro da Defesa Nacional sobre o acidente com C-130 na Base Aérea do Montijo

COMUNICADO

O Ministro da Defesa Nacional, José Alberto Azeredo Lopes, deslocou-se esta tarde à Base Aérea do Montijo para, em nome pessoal e em representação do Governo, manifestar o profundo pesar pelos acontecimentos que resultaram na morte trágica de três militares da Força Aérea e causaram ferimentos aos outros quatro militares que compunham a tripulação. Um desses militares está ainda em estado grave.

O Ministro da Defesa Nacional reuniu-se na base aérea do Montijo com o Chefe do Estado-Maior da Força Aérea, Senhor General Manuel Rolo, que recebeu as condolências do Governo em nome da Força Aérea e informou o Ministro sobre as circunstâncias do acidente, o apoio prestado às vítimas e aos seus familiares.

O Chefe do Estado-Maior da Força Aérea informou ainda o Ministro da Defesa Nacional sobre o procedimento adotado em acidentes ou incidentes com aeronaves da Força Aérea. Na sequência do acidente de hoje, a Comissão Central de Investigação da Força Aérea iniciou de imediato o processo de investigação respetivo.

Neste momento de tristeza e profundo sofrimento, as palavras pouco ajudam a atenuar a dor.

A dedicação, a entrega e o serviço ao País prestado pelos militares que hoje pereceram não podem ser esquecidos. O Governo manifesta aos familiares, amigos e camaradas das vítimas as suas mais profundas condolências.

Hoje é um dia de luto para a Força Aérea, para as Forças Armadas e para Portugal.

Aos que ficaram feridos e às suas famílias, o Governo apresenta uma palavra de conforto, reconhecimento e votos sinceros de uma recuperação rápida.

11 de julho de 2016

Atualizado em: 13-07-2016 15:04 
QUEM SOMOS CONTACTOS MAPA DO SITIO
Desenvolvido por ATASA, Centro de Dados da Defesa/SG/MDN @ 2012 Defesa Nacional - Optimizado para Internet Explorer