Saltar para o conteúdo principal
HOME
ATUALIDADE
MULTIMÉDIA
LIGAÇÕES
RESERVADO
INSTITUCIONAL
13ª Edição do Dia da Defesa Nacional convoca 136 mil jovens 
 
 
O Secretário de Estado da Defesa Nacional, Marcos Perestrello, presidiu ontem ao lançamento da 13ª edição do Dia da Defesa Nacional, no Regimento de Artilharia Antiaérea Nº1, em Queluz

O Secretário de Estado da Defesa Nacional, Marcos Perestrello, presidiu ontem ao lançamento da 13ª edição do Dia da Defesa Nacional, no Regimento de Artilharia Antiaérea Nº1, em Queluz.

A 13ª edição do Dia da Defesa Nacional (DDN) espera receber, entre 10 de janeiro e 7 de dezembro, cerca de 136 mil cidadãos portugueses, nascidos no ano de 1998, dos quais 67 mil são do sexo feminino, dados revelados ontem no Regimento de Artilharia Antiaérea Nº1, em Queluz, e que contou com a presença do Secretário de Estado da Defesa Nacional, Marcos Perestrello.

Durante a apresentação desta edição, onde estiveram também presentes os comandantes das unidades militares integradas no Dia da Defesa Nacional, parceiros institucionais, divulgadores e colaboradores, o Secretário de Estado salientou a importância do Dia da Defesa Nacional “e como tem sido capaz de ser dinâmico, de ter evoluído e de ser ter consolidado na estrutura da Defesa Nacional”.

Marcos Perestrello pretende apostar em três objetivos fundamentais para a promoção da cultura de defesa: apostar no envolvimento dos jovens com o 9º ano de escolaridade no DDN, para que possam contactar com esta estrutura “de uma forma essencialmente pedagógica e despertar-lhes o interesse para o fenómeno militar e para a vida militar”, através de palestras que elucidam o que é a Defesa Nacional; “antecipar para os 17 anos o DDN”, acelerando um pouco o contacto com esta realidade que “é também uma via profissional, cujo interesse, importa despertar”; por fim, passa por implementar de uma forma mais célere, na maioria das escolas do País, o “Referencial de Educação para a Segurança, a Defesa e a Paz”.

Ao atingir estas intenções “daremos um passo muito significativo no cumprimento daquele que é um objetivo essencial do DDN: fortalecer o sentimento de pertença a cada um dos jovens portugueses ao seu País, à sua comunidade, à sua Pátria”, concluiu o Secretário de Estado da Defesa Nacional.

Para o Diretor-Geral dos Recursos da Defesa Nacional, Alberto Coelho, o DDN é uma “marca que cada vez mais os jovens conhecem e valorizam e isso constitui uma enorme mais-valia para toda a Defesa Nacional”. O DDN continuará a “contribuir para que o país tenha cidadãos mais conscientes, interessados e que pratiquem a Defesa Nacional”.

 

 

Atualizado em: 31-01-2017 15:34 
QUEM SOMOS CONTACTOS MAPA DO SITIO
Desenvolvido por ATASA, Centro de Dados da Defesa/SG/MDN @ 2012 Defesa Nacional - Optimizado para Internet Explorer