Saltar para o conteúdo principal
HOME
ATUALIDADE
MULTIMÉDIA
LIGAÇÕES
RESERVADO
INSTITUCIONAL
“Este contrato é uma espécie de Cabo Bojador" 
 
 
"A partir da assinatura destes contratos, novos mundos se abrem para a nossa indústria naval”
 

“Este contrato é uma espécie de Cabo Bojador. A partir da assinatura destes contratos, novos mundos se abrem para a nossa indústria naval”, declarou o Ministro da Defesa Nacional, João Gomes Cravinho, durante a assinatura dos contratos relativos à revisão intermédia do NRP Arpão, que teve lugar esta terça-feira no Arsenal do Alfeite. A ação de manutenção do submarino Arpão tem uma duração prevista de 18 meses.

“Estou convencido que se a história de Portugal é incompreensível sem se compreender a sua dimensão marítima, igualmente o futuro de Portugal passará por essa dimensão”. Para o Ministro, estes contratos são de manifesto interesse nacional e irão permitir ganhos de competitividade do Alfeite no mercado da indústria naval e diversificação de clientes. “Precisamos de recuperar equipamentos, precisamos de manter viva e maximizar as potencialidades da escola industrial e dos ofícios aqui formados, precisamos de conquistar contratos novos. Este processo vai levar o seu tempo, mas acredito que esse potencial será cumprido e a assinatura destes contratos representam essa confiança”, disse, sublinhando o impacto que poderá ter para Almada, não só pela tradição naval existente no concelho, como pela nova “dinâmica económica” que trará à região.

Na sala do Risco, que outrora foi centro de formação, o Ministro recordou ainda a importância dos recursos humanos e da formação ministrada pela tkMS, em 2017, que capacitou a indústria naval portuguesa para este setor. “A valorização dos recursos humanos é algo que eu quero sublinhar, sem essa valorização não era possível. Quero sublinhar o importante diálogo que tem sido desenvolvido entre a Direção Nacional do Alfeite com os seus trabalhadores para o encontro de soluções que sejam benéficas para todos e a reativação do centro de formação da empresa, que vai contribuir para esse objetivo. O Governo apoia firmemente a decisão tomada nesse sentido”.

 

Atualizado em: 21-01-2019 21:57 
QUEM SOMOS CONTACTOS MAPA DO SITIO
Desenvolvido por ATASA, Centro de Dados da Defesa/SG/MDN @ 2012 Defesa Nacional - Optimizado para Internet Explorer