Saltar para o conteúdo principal
HOME
ATUALIDADE
MULTIMÉDIA
LIGAÇÕES
PRÉMIO DEFESA NACIONAL E AMBIENTE

Criado em 1993, por despacho conjunto dos Ministros da Defesa e do Ambiente, o Prémio Defesa Nacional e Ambiente (PDNA), destina-se a galardoar a unidade, estabelecimento ou órgão das Forças Armadas que, de acordo com os princípios da Defesa Nacional, melhor contributo preste, para a qualidade do ambiente numa perspetiva de desenvolvimento sustentável, através da utilização eficiente dos recursos naturais, da promoção de boas práticas de gestão de ordenamento do território e da proteção e valorização do património natural e paisagístico e da biodiversidade.

A versão do PDNA de 2015 teve como vencedor a candidatura da Estação de Radar N.º 4 (ER4) da Força Aérea Portuguesa, “Preservar, para mais longe alcançar”, tendo sido submetida apenas mais uma candidatura, “Monitorização do desempenho energético dos navios” da Direção de Navios, da Marinha.

 

Candidatura vencedora - Preservar, para mais longe alcançar

A candidatura da Estação de Radar N.º 4 (ER4) ao Prémio da Defesa Nacional e Ambiente simboliza a dedicação desenvolvida por esta Unidade em assumir uma prática ambiental mais sustentável e um respeito pela biodiversidade do meio em que se insere. Tendo em conta que a Unidade é recente na Força Aérea, realça-se nesta candidatura a criação de documentação ao nível da implementação de um Sistema de Gestão Ambiental (SGA) nesta infraestrutura militar, assim como as ações que se destinaram ou envolveram a comunidade em que a Unidade se insere. A interação passou por promover uma relação estreita com outras Organizações públicas como o Serviço do Parque Natural da Madeira (SPNM) e a Direção Regional de Floresta e Conservação da Natureza (DRFCN). A nossa missão passa por integrar algumas iniciativas organizadas por estas entidades, informar pontualmente a população acerca da missão do SPNM e da DRFCN.

Candidatura - Monitorização do desempenho energético dos navios

“Esta candidatura apresenta uma das medidas de eficiência no consumo de combustíveis fósseis e controlo das emissões gasosas em unidades navais da Marinha Portuguesa (MP). Esta medida foi implementada sob a ação da divisão de Mecânica e Eletrotecnia (DME) da Direção de Navios (DN), organismo técnico para as unidades navais e unidades auxiliares da Marinha. Dentro desta divisão encontra-se a secção de eletrotecnia (DME3) que é responsável pela manutenção e projeto nas áreas da eletrotecnia e sistemas de gestão da plataforma a bordo de todos os navios da Marinha. Neste sentido e assumindo um compromisso com a eficiência no consumo de combustíveis fósseis e o controlo das emissões gasosas nos navios, foi implementado um sistema que visa melhorar a monitorização, eficiência e controlo energético a bordo de navios designado por Voyage Energy & Efficiency Optimizer (VEEO)”

 

 

 

Lista de CandidaturasRegulamento do Prémio de Defesa Nacional e Ambiente

Directiva Ambiental Directiva Ambiental 

Atualizado em: 25-03-2017 11:04 
QUEM SOMOS CONTACTOS MAPA DO SITE
Desenvolvido por ATASA, Centro de Dados da Defesa @ 2012 Defesa Nacional - Optimizado para Internet Explorer