Saltar para o conteúdo principal
HOME
ATUALIDADE
MULTIMÉDIA
LIGAÇÕES
ÁREA RESERVADA
Apresentação da equipa de negociação para a aquisição de aeronaves KC-390 
 
 
O arranque oficial das negociações com vista à aquisição de cinco ou seis aeronaves KC-390 realizou-se hoje com a apresentação da equipa de negociação nomeada pelo Ministro da Defesa Nacional

O arranque oficial das negociações com vista à aquisição de cinco ou seis aeronaves KC-390 realizou-se hoje com a apresentação da equipa de negociação nomeada pelo Ministro da Defesa Nacional, no auditório do Ministério da Defesa Nacional, numa cerimónia que contou com as presenças dos Ministros da Defesa Nacional e da Economia.

A equipa, nomeada a 14 de agosto por Despacho do Ministro da Defesa Nacional, iniciou atividade a 15 de agosto e terá até 26 de outubro de 2017 para apresentar um relatório detalhado que identifique todos os aspetos relevantes e necessários à introdução do KC-390 na Força Aérea, com opções para decisão final, incluindo custos associados e cronogramas.

O Governo aprovou, a 8 de junho, a autorização do início das negociações com a Embraer, Defesa e Segurança, S.A., para a aquisição de cinco aeronaves KC-390, com opção mais uma, um simulador de voo (fullflight simulator CAT D), para instalação e operação em território nacional, considerando-se na Resolução de Conselho de Ministros publicada a 27 de julho que era “pois chegado o momento do Governo de Portugal aprofundar as negociações com a Embraer”, com vista ao reforço das “atuais capacidades de transporte aéreo, de busca e salvamento, evacuações sanitárias e apoio a cidadãos nacionais, nomeadamente entre o Continente e os Arquipélagos”.

As aeronaves deverão incluir as capacidades de reabastecimento em voo e de combate a incêndios florestais, o que possibilita que Portugal disponha de aeronaves com funções de duplo uso (civil e militar), que respondem a necessidades permanentes do país.Portugal, a par da República Federativa do Brasil, é um dos principais parceiros do programa cooperativo de desenvolvimento e produção do KC-390, do qual fazem parte igualmente a República Checa e a Argentina.

As negociações com a Embraer serão dirigidas pelo Ministro da Defesa Nacional e a equipa integra, para além de elementos da Defesa, representantes nomeados pelo Ministro das Finanças e pelo Ministro da Economia, Ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, como determinado na Resolução do Conselho de Ministros.

A equipa apresentada esta segunda-feira é composta por:

§ Dr. Alberto António Rodrigues Coelho, Coordenador Geral

§ Dr. Francisco Jorge Samúdio Gomes Ramires e Dr. José Moreira, representantes do Ministério das Finanças

§ Coronel João Paulo Pires, representante do Ministério da Defesa Nacional

§ Prof. Doutor António Augusto Magalhães Cunha e Prof. Doutor Paulo Manuel Cadete Ferrão, representantes do Ministério da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior

§ Dra. Patrícia Castanheira Venâncio Leão e Dr. Nuno Augusto de Castro Azevedo Soares de Almeida, representantes do Ministério da Economia

§ Major-general João Cartaxo Alves e Tenente-coronel João Rui Ramos Nogueira, representantes da Força Aérea

§ Dr. Nuno Miguel Gameiro Bastos Cadete, representante da Secretaria-Geral do Ministério da Defesa Nacional

§ Capitão-de-fragata Carlos Manuel Pereira Mendes e Dra. Cristina Maria da Cunha Pinto, representantes da Direção-Geral de Recursos da Defesa Nacional

Atualizado em: 05-09-2017 11:04 
QUEM SOMOS CONTACTOS MAPA DO SITIO
Desenvolvido por ATASA, Centro de Dados da Defesa/SG/MDN @ 2012 Defesa Nacional - Optimizado para Internet Explorer