Saltar para o conteúdo principal
HOME
ATUALIDADE
MULTIMÉDIA
LIGAÇÕES
ÁREA RESERVADA
“Aqui serve-se Portugal” 
 
 
Presidente da República na visita ao Centro de Informação Geoespacial do Exército

O Presidente da República (PR), Marcelo Rebelo de Sousa, visitou esta manhã o Centro de Informação Geoespacial do Exército (CIGeoE), em Lisboa, acompanhado pelo Ministro da Defesa Nacional, Azeredo Lopes, e pelo Chefe de Estado-Maior do Exército, General Rovisco Duarte.

A visita serviu para o PR se inteirar das atividades e dos projetos desenvolvidos por aquele Centro, que tem como missão prover com informação geoespacial o Exército, as Forças Armadas, as Forças de Segurança e a comunidade civil, bem como desenvolver “ações de investigação científica e tecnológica”.

No final da visita às instalações, o PR elogiou o trabalho dos militares e civis que compõem o CIGeoE, afirmando que o mesmo superou as suas expetativas, ainda que se trate de instituição publicamente “prestigiada” e “com um grande passado”. Felicitou também o Ministro da Defesa Nacional, o Chefe de Estado-Maior do Exército e o Diretor do CIGeoE - Coronel Tirocinado José da Silva Rodrigues - que, “de uma forma arrebatada e apaixonada”, transmitiu-lhe, com grande capacidade “pedagógica”, a missão do Centro.

“Aqui serve-se Portugal”, afirmou Marcelo Rebelo de Sousa, destacando a polivalência do Centro no apoio às Forças Armadas e às autarquias, na colaboração com as universidades, “instituições científicas e tecnológicas”, empresas e outros “particulares”, no apoio às populações em caso de incidentes e na formação de jovens, militares e civis. O PR referiu ainda que é importante que o País conheça o que é feito “nesta instituição” e que as empresas e as instituições que solicitem os serviços do CIGeoE tenham “a noção de que muito lhe devem”.

O CIGeoE desenvolve atualmente diversos projetos dentro e fora do País, possuindo também uma Unidade de Apoio Geoespacial do Exército Português, com “elevada adaptabilidade e flexibilidade”, de acordo com os padrões da NATO destinada à aquisição e gestão de dados, análise de terreno, preparação e elaboração de produtos geoespaciais. Tem ainda diversas parcerias com instituições e entidades de referência para o desenvolvimento de projetos ou produtos específicos, designadamente NAV, InfoPortugal e IMT.

Conta atualmente com 34 oficiais, 38 sargentos, 22 praças e 18 civis, com formação em Engenharia Geográfica, Engenharia Informática, Geografia, Topografia, Fotogrametria, Categoria Digital e Informática.

 

 

Atualizado em: 25-02-2017 10:50 
QUEM SOMOS CONTACTOS MAPA DO SITIO
Desenvolvido por ATASA, Centro de Dados da Defesa/SG/MDN @ 2012 Defesa Nacional - Optimizado para Internet Explorer